sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

GASTOS COM PESSOAL PODEM IMPEDIR REALIZAÇÃO DO CONCURSO DA PREFEITURA DE GARANHUNS



No último dia 2 de janeiro, o Prefeito Izaías Régis (PTB) nomeou os membros da Comissão Organizadora do Concurso Público que a Prefeitura de Garanhuns deve realizar ainda no primeiro semestre deste ano, conforme recomendação do Ministério Público de Pernambuco. São três Servidores Municipais que compõem a Comissão, que terá a missão de efetuar o levantamento dos cargos vagos e a necessidade de servidores em todas as Secretarias Municipais, além de formalizar o Edital e acompanhar todas as fases do Concurso.

Mas de acordo com um especialista em Administração Pública que manteve contato com o Blog através de e-mail, os gastos da Prefeitura com pessoal podem inviabilizar a realização do Concurso, frustrando milhares de Garanhuenses que aguardam o certame para conquistar a tão sonhada vaga no Serviço Público e descumprindo uma recomendação do Ministério Público de Pernambuco.    

É que de acordo com a fonte do Blog - que pediu reserva da sua identidade e que por conta disso vamos considerar as suas Informações como extraoficiais -, no último quadrimestre divulgado pelo Governo Municipal, em agosto de 2013, o Governo Izaías Régis estava excedendo o Limite Prudencial de 51,3% de gastos com Servidores, sejam efetivos, contratados ou comissionados.

De acordo com esses dados (que ainda são extraoficiais), a Prefeitura de Garanhuns não poderá realizar um Concurso Público, já que a Lei de Responsabilidade Fiscal impede o aumento dos gastos públicos com novas contratações de servidores. O Blog não tem conhecimento se a Prefeitura divulgou o Limite Prudencial do terceiro quadrimestre de 2013, previsto para compor o Relatório de Gestão Fiscal no último mês de dezembro, nem se os percentuais com gastos de pessoal foram reduzidos. Vale registrar que, tanto o Limite Prudencial quanto o Relatório de Gestão Fiscal, devem ser encaminhados a Câmara de Vereadores e ao Tribunal de Contas do Estado.

A fonte do Blog também chegou a insinuar que a meta do Governo de Garanhuns é adiar a realização do Concurso o quanto puder e chegou a citar a Seleção Simplificada que a Prefeitura vem realizando para contratar 125 profissionais, através de contratos temporários de até 4 anos, como um dos indícios da falta de vontade do Governo Municipal em promover um certame público. O último Concurso realizado pela Prefeitura de Garanhuns aconteceu no ano de 2008.

O Blog esta a disposição da Prefeitura de Garanhuns para que possa esclarecer as informações, de caráter extraoficial, divulgadas neste espaço.


http://www.blogdocarloseugenio.blogspot.com.br/2014/02/gastos-com-pessoal-podem-impedir.html