domingo, 2 de março de 2014

FERREIRA COSTA COMEÇA A ARBORIZAÇÃO DO CASARÃO

 

Uma nova história está prestes a surgir em Garanhuns. O antigo Casarão dos Eucaliptos, que tanto inquietou a população, ao vê-lo perder as árvores centenárias, parece que ressurge de maneira mais pomposa e agradável, não apenas aos olhos, mas ao pulmão de quem por ali deverá passar nos próximos anos. É que neste sábado (01/03) teve início uma operação de rearborização, tanto na parte interna quanto na externa do que parece ser o novo Parque do Casarão. Estão sendo plantadas 82 árvores, sendo 46 Ipês (rosas, amarelos e roxos) e 36 Acácias Felício.
As plantas foram distribuídas conforme seu tamanho, de modo a produzir sombra em áreas estratégicas no entorno do Casarão. As avenidas Santa Rosa, Oliveira Lima e Djalma Dutra, já receberam as plantas nesta manhã e as pessoas ficam admiradas com a iniciativa. Todos aprovam e parabenizam o Grupo Ferreira Costa pela ação. “Muito bom mesmo. Eu estava com medo de que fossem destruir tudo para construir mais um desses prédios quadrados e sem expressão. Estou vendo que tem gente que ainda pensa em preservar a natureza e a história”, destacou seu Júlio de Assis, que parou em sem veículo ao ver a movimentação.
Porém uma preocupação também está presente nas pessoas que elogiam a iniciativa: Como ficará a famosa Feira da Quinta. Será que irá sair desse setor? Ou ainda, será que os feirantes irão respeitar as árvores? Toda ação ambiental, por precaução deve estar integrada com uma ação de educação ambiental. Acredito que a Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Agricultura (que deixou de ser de “Meio Ambiente”) já esteja pensando uma estratégia para garantir a feira e as árvores.
Nossos Parabéns á Ferreira Costa. Ambientalista e historiadores que lutam pela preservação da vida e do patrimônio municipal estão felizes. Quem sabe além de nascer um Novo Parque do Casarão, também possa surgir uma Fundação João Ferreira da Costa do Patrimônio e Meio Ambiente. Garanhuns espera.



Geraldo MOuret