quinta-feira, 6 de março de 2014

NÚCLEO JURÍDICO DA FACULDADE DE DIREITO DA AESGA SUPERA EM NÚMERO DE ATENDIMENTOS


Com a retomada das suas atividades, desde fevereiro,  é grande a procura pelos serviços oferecidos pelo Núcleo de Prática Jurídica Dr. Urbano Vitalino de Melo Filho da Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns – AESGA. Em funcionamento desde 7 de novembro de 2007, o NPJ vem oferecendo, desde então, serviços de cidadania através do trabalho de professores e alunos da Faculdade de Direito de Garanhuns - FDG.

De acordo com informações da coordenadora do Núcleo, professora Fabiana Alves, o NPJ faz atendimento jurídico gratuito à população de Garanhuns, nas seguintes áreas: cível, família e criminal e nos delitos de menor potencial ofensivo. “Vale ressaltar que o atendimento jurídico é feito a pessoas hipossuficientes, que não têm condições de pagar advogado. Além disso, também prestamos assistência psicológica, que não é clínica, mas de apoio ao assistido, em momentos de conflito”, detalhou.

A Coordenação destaca ainda que, desde o início de 2014 já foram realizados 130 atendimentos, uma média de 42 por semana. “Acreditamos que estamos superando até os números da Defensoria Pública de Garanhuns, que tem encaminhado atendimentos para o NPJ. Assim como a Defensoria, o Ministério Público e as Varas também tem feito esse encaminhamento, o que demonstra que estamos desenvolvendo um trabalho de qualidade e compromisso para com a sociedade de Garanhuns, o que nos deixa extremamente felizes”, acrescentou Fabiana Alves.

Os atendimentos e acompanhamentos são feito por advogados, inscritos no quadro da OAB/PE e os casos são analisados juntamente com estagiários do curso de direito, matriculados do 8º ao 10º períodos da Faculdade de Direito de Garanhuns. As pessoas têm acesso ao serviço prestado diariamente, no horário das 8 às 11 horas e das 14 às 17 horas, sem limite diário.

As ações consistem em atuação em audiências e sessões, redação de peças processuais, visitas a órgãos judiciários, prestação de serviços jurídicos e técnicas de negociação coletivas, arbitragens e conciliação. (Da Assessoria de Imprensa da AESGA).