segunda-feira, 31 de março de 2014

SESI LANÇA CAMPANHA CONTRA TURISMO SEXUAL EM PERNAMBUCO


As doze cidades-sede da Copa do Mundo 2014, no Brasil, são alvos da campanha “Não desvie o olhar”, coordenada pelo Conselho Nacional do Sesi. A iniciativa tem como foco o combate à exploração sexual de crianças e adolescentes antes, durante e depois do Mundial. A campanha foi lançada oficialmente, no Recife nesta semana, pelo gerente executivo de Comunicação e Marketing do Conselho Nacional do Sesi, Márcio Caetano​. A apresentação aconteceu no auditório do Centro de Formação do Servidor Público (Cefospe), na Boa Vista.
Segundo Caetano, as peças da campanha serão veiculadas na imprensa nacional, a partir de abril, e estarão presentes em aeroportos, restaurantes, hotéis e outros equipamentos do trade turístico.​ Elas têm como base três eixos principais: a sensibilização, a prevenção e a repressão. “Queremos sensibilizar a sociedade para o problema da exploração sexual de crianças e adolescentes e convocá-la a vestir a camisa da campanha. Vamos mostrar que a exploração sexual no Brasil é crime e incentivar a população a denunciar através do Disque 100”, disse, reforçando o mote da campanha: “Não desvie o olhar: denuncie, proteja, vista essa camisa”.
Também estiveram presentes ao lançamento a cantora Cristina Amaral, embaixadora dos Direitos Humanos de Pernambuco e madrinha local da campanha; a secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Recife, Ana Rita Suassuna; a presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e Adolescente (Cedca), Rosa Barros; o secretário executivo de Articulação de Projetos Especiais do Governo do Estado, Eduardo Figueiredo; e a coordenadora do Comitê Local de Proteção Integral a Crianças e Adolescentes de Pernambuco, Rosana França, entre outras autoridades.
Além das cidades-sede no Brasil, cerca de 20 países também estão sendo contemplados pela campanha, coordenada mundialmente pela rede internacional End Child Prostitution, Child Pornography And Trafficking of Children for Sexual Purposes (ECPAT). “Queremos que o turista já chegue ao Brasil com a mensagem da campanha em mente, sensibilizados. Aqui, essa mensagem de proteção às nossas crianças e jovens será reforçada. Trata-se de uma campanha internacional”, explicou Caetano.
ViraVida - Aliado à campanha, o Conselho Nacional do Sesi também fechou parceria com o Ministério do Turismo para qualificar jovens do programa ViraVida, que trabalha com adolescentes vítimas de exploração sexual. No Recife,  ex-alunos do projeto de reinserção social do Sesi e familiares poderão escolher entre cursos do Pronatec Copa Social como recepcionista de eventos, garçom e agente de informações, todos com aprendizado do inglês.

Informações: ASCOM