quinta-feira, 10 de abril de 2014

CÂMARA DE GARANHUNS TRABALHANDO PARA O POVO

Vereador de Garanhuns quer Coleta Seletiva nas Escolas Municipais


O vereador Haroldo Vicente (PROS), apresentou o requerimento Nº
024/14, que foi encaminhado ao Governo Municipal de Garanhuns,
solicitando a
instalação de depósitos para coleta seletiva de lixo nas escolas municipais.

O objetivo, segundo o parlamentar, é orientar de forma prática,
estudantes e comunidade escolar sobre o reaproveitamento dos resíduos
recicláveis de origem doméstica e o uso consciente dos recursos naturais.

"A cada dia, cresce a necessidade da destinação correta dos resíduos
produzidos pela vida cotidiana, particularmente nos centros urbanos,
afirma o Haroldo Vicente. E ressalta ainda que a destinação dos
resíduos recicláveis coletados nas unidades de ensino se daria por
meio de parcerias com cooperativas de reciclagem locais, conforme
preconiza a Política Nacional de Resíduos Sólidos, estabelecida pela
Lei Federal 12.305, de 02 de agosto de 2010" finalizou.

Vereador Gil PM tem requerimentos atendidos e ruas do bairro do Magano serão asfaltadas

A falta de pavimentação nas ruas causam diversos danos à vida dos
moradores, a começar pela poeira, que causa problemas de saúde como
bronquites e alergias, e pela ambientação estética do local, que
devido à falta de calçamento, acaba desvalorizando os imóveis.

O vereador Gil PM (PRB), apresentou requerimentos na Câmara Municipal
de Garanhuns solicitando do Chefe do Poder Executivo a pavimentação
asfáltica das seguintes ruas no bairro do Magano: Carlos Gomes,
Lamartine Babo, Ascenso Ferreira, Otília Peixoto, Amazonas e Wilson
Urquiza. As mesma estão
incluídas na relação das ruas que o Governo Municipal anunciou que
serão asfaltadas.

De acordo com o vereador, a solicitação atende pedidos da população
local, que exigia seus direitos. "Queremos que esse asfalto traga
qualidade de vida para os moradores. O asfalto é sinônimo de progresso
e desenvolvimento socioeconômico para as localidades, já que esta obra
visa atender as necessidades da população", afirmou Gil PM.

GARANHUNS - Carla de Zé de Vilaço quer Quadra Poliesportiva e Museu na Comunidade Quilombola Castainho.


Atendendo a reivindicações de moradores da Comunidade do Castainho, a
vereador Carla de Zé de Vilaço (PROS), apresentou em sessão plenária
indicação sugerindo ao Governo Municipal de Garanhuns que estude a
possibilidade de realizar a conclusão da obra da quadra poliesportiva,
como também a construção do Museu do Castainho.

Para Carla, a conclusão da quadra tem como principal objetivo melhora
a qualidade de vida da comunidade, contribuindo com o desenvolvimento
social de crianças, jovens e adultos, propiciando a prática do lazer
através do esporte.

A vereadora esclarece que a construção do Museu do Castainho é de
fundamental importância, pois no local o visitante poderá vivenciar a
história e a cultura quilombola, música, dança, artesanato, comidas
típicas, entre outras atividades. "Poderíamos incluir o Castainho em
um programa de turismo de base local, pensado no sentido de estrutura,
produtos e roteiros de turismo cultural e ecológico que valorizem e
estimulem atividades nas comunidades
tradicionais do município, como os quilombolas", afirmou Carla de Zé de Vilaço

UFRPE/UAG pode se transformar na Universidade Federal Rural do Agreste Meridional - UFRAM


Visando o crescimento com um maior investimento em recursos por parte
do Ministério da Educação, o vereador Audálio Filho (PSDC), solicitou
ao Governo Federal, que a UAG - Unidade Acadêmica de Garanhuns, que é
uma extensão da UFRPE, seja transformada na Universidade Federal Rural
do Agreste
Meridional - UFRAM.

O vereador apresentou o Requerimento Nº 124/14 fazendo a solicitação
de autonomia para a referida unidade de ensino que vem sofrendo a cada
ano com a escassez de recursos e investimentos, situação essa que vem
dificultando o trabalho dos profissionais e comprometendo a formação
dos alunos, pois o fato da mesma ser apenas uma extensão da UFRPE
limita suas ações e trava o seu desenvolvimento.

Essa ação uma vez atendida, além de autonomia, dará condições e
orçamento para a futura UFRAM desenvolver de forma satisfatória seus
trabalhos
e assim, transformada em Universidade, contribuirá decisivamente para
o desenvolvimento da região e do estado, uma vez que o município de
Garanhuns é polo de grande parte do agreste pernambucano.

"A UAG necessita urgentemente dessa autonomia, pois a cada ano vem
aumentando o número de alunos nas graduações e nas pós-graduações, e a
transformação em Universidade é fundamental para garantir as condições
de atendimento aos estudantes que convergem de vários municípios para
estudar na unidade." Pontuou o vereador Audálio Filho, presidente da
Câmara Municipal de Garanhuns.

PERFIL DA UNIDADE: A UAG dispõe de sete cursos de Graduação, três em
Pós Graduação Stricto Sensu e um curso de Lato Senso, contando com um
corpo docente formado por 217 professores entre mestres e doutores e
corpo técnico de 59 funcionários que atendem 2100 alunos.