terça-feira, 29 de abril de 2014

MOSTRA DE CINEMA DE GARANHUNS

 
Conhecida nacionalmente por ser uma das cidades mais charmosas de Pernambuco e palco de um dos maiores festivais de arte da América Latina, Garanhuns vai se transformar, agora, em um grande cinema. Isso por que entre os dias 16 e 18 de maio, a Mostra Garanhuns vai movimentar a cidade com uma programação especial e gratuita. O evento contará com oficinas de criação de produtos para cinema, além de projeções de curtas e longas-metragens, exposição fotográfica e apresentações artísticas – entre elas, desfile de bonecos gigantes representando craques brasileiros, acompanhados de uma orquestra de frevo.
Esta é a primeira edição do festival, que em 2014 tem como tema Cinema e Futebol, promovendo um diálogo entre o esporte e a sétima arte. Criado não só para exibição de filmes, o evento é também um fomento à produção audiovisual e estímulo à criatividade dos moradores do Agreste do Estado.
“Garanhuns é uma cidade fortemente ligada à cultura. No calendário festivo local, há o Festival de Inverno e o Garanhuns Jazz, que têm destaque nacional e internacionalmente. Mas faltava na cidade um evento voltado ao cinema e ações que estimulassem a produção audiovisual na região, valorizando o intercâmbio cultural e a cultura popular tão presente no local”, explica o criador da Mostra, Rodrigo Cruz. A programação do evento é dividida em duas etapas: atividades de formação em cinema e exibição de filmes e apresentações culturais.
OFICINAS – Duas oficinas na área de audiovisual vão proporcionar aos moradores de Garanhuns e cidades vizinhas e também a outras pessoas interessadas um contato com roteirização, execução e finalização de filmes. De 29 de abril a 7 de maio, serão oferecidas aulas de animação em stop motion. Os 20 participantes da oficina, com a ajuda de dois orientadores, trabalharão juntos durante os sete dias na produção de quatro filmes de animação com curta duração. A ideia é que todos participem da produção de um filme utilizando a técnica de animação desde o conceito até a exibição do filme na tela do festival Mostra Garanhuns. 
Nas aulas, os alunos terão contato com todas as etapas de criação de um filme: a introdução, o argumento técnico de pesquisa e roteiro, a criação de personagens, montagem de sets de filmagem, iluminação, fotografia, uso e criação de ferramentas de animação, edição, montagem, trilha sonora e finalização.
A segunda oficina acontece de 12 a 15 de maio. Além de participarem das aulas de stop motion, dez pessoas receberão treinamento para se familiarizarem com o uso e a manutenção de equipamentos de ilha de produção de stop motion – materiais que serão doado pela Mostra a Garanhuns. O festival vai entregar à cidade uma câmera DSLR, um tripé, um computador e dois refletores. A prefeitura indicará as dez pessoas que ficarão responsáveis pelo uso.
MOSTRA DE CINEMA – A segunda etapa da Mostra Garanhuns é a de exibição de filmes no Parque Euclides Dourado, no centro de Garanhuns. Nas sessões, que acontecem de 16 a 18 de maio, a população assistirá a produções nacionais – entre animação, documentário e ficção –, numa tela enorme, com 12 metros de comprimento e seis de altura. As projeções contarão com sistema de imagem em alta definição e áudio digital.
“Todos os filmes exibidos envolvem a temática dessa primeira edição da Mostra: o futebol. Além disso, primamos por filmes em português, sejam eles dublado ou originalmente em português”, explica o curador Enzo Giaquinto. “Tivemos de deixar de fora filmes que tratam temas específicos do mundo do futebol como times e jogadores, nossa intenção é fazer uma homenagem ao futebol e não a determinados assuntos.”
EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA – O público que for à Mostra Garanhuns poderá, também, visitar a exposição temáticaEntrevárzeas, do fotógrafo pernambucano Beto Figueroa. O acervo de 21 fotos, registradas em várias cidades do Nordeste – entre capitais e interiores – mostra a presença do futebol na vida do povo brasileiro num itinerário que reúne imagens de atletas amadores nos campos de várzeas. A exposição, em cartaz no Euclides Dourado, é uma compilação de trabalhos feitos por Beto desde 2002, entre reportagens e trabalhos autorais. A entrada é gratuita.
CONFIRA A PROGRAMAÇÃO COMPLETA:
MOSTRA DE CINEMA:
16/05, SEXTA-FEIRA:
Curta: O Travesseiro e o Escorpião (Direção: Henrique Carvalhaes – Ficção). A insistência de Lucas para que sua namorada Amanda o ajude a reproduzir a “defesa do escorpião” com o travesseiro dela, abre margem para alguns acasos que podem conturbar a relação do casal.
Longa: Um time show de bola (Direção: Juan José Campanella – Ficção). Amadeo vive em uma pequena cidade, onde trabalha em um bar. Ele é um dos melhores jogadores de pebolim da região e está apaixonado por Laura. Sua rotina desmorona quando Grosso, um jovem da cidade que se transformou no melhor jogador de futebol do mundo, volta disposto a se vingar da única derrota que sofreu em sua vida. Mas Amadeo descobre algo mágico: os jogadores de seu querido jogo falam, e muito! Juntos, eles embarcarão em uma viagem repleta de aventuras para salvar Laura e sua cidade.
17/05, SÁBADO:
Curta: A promessa de Gerônimo (Direção: Luiz Menegaz – Ficção). Rio de Janeiro, final da Copa do Mundo entre Brasil e Argentina. Leandro espera Bruno para ir ao Maracanã assistir ao jogo. Duas horas depois do combinado, quando o hino do Brasil já está sendo executado no estádio, eis que surge Bruno sem maiores explicações para o seu atraso. Os dois seguem em alta velocidade em direção ao Maracanã. No momento do apito inicial da partida, o carro quebra. As ruas estão totalmente desertas. Enquanto ouvem a transmissão do jogo no rádio do carro, que ainda funciona, os dois tentam resolver a situação. Depois de algumas tentativas frustradas, quando tudo parecia perdido, surge no horizonte a única resposta: uma moto pilotada por Diego, um argentino totalmente uniformizado com as roupas da sua seleção e carregando um enorme urso de pelúcia. Depois de muita conversa, Diego finalmente concorda em levar um deles ao Maracanã. Só que tem uma condição: eles tem que dar um dos ingressos para ele. E agora? Como Bruno e Leandro decidirão qual dos dois irá ao jogo do século?
Longa: Pelada: Futebol na favela (Direção: Alex Miranda – Documentário). Pelada: Futebol de favela é um documentário sobre o sonho do futebol, embalado por uma fantástica trilha sonora e participação de grandes craques. O filme retrata a garra dos garotos com a bola no pé, a paixão dos torcedores na beira do campo e todo o universo que envolve o cotidiano das peladas. O filme também conta com depoimentos marcantes de campeões que vieram das comunidades, descobriram seus talentos nas peladas e conquistaram o mundo. Um mundo rico de desafio e superação envolvido pela ginga do samba, a batida do funk e a identidade do rap. Imagens impactantes das jogadas nas favelas em um filme único.
18/05, DOMINGO: 
Curta: Bola na cabeça (Direção: Wilson Freire – Ficção). Desde criança tinha o sonho de ser jogador de futebol. Ele cresceu e nunca tirou a bola da cabeça.
Longa: Linha de passe (Direção: Walter Salles e Daniela Thomas – Ficção). São Paulo. Reginaldo (Kaique de Jesus Santos) é um jovem que procura seu pai obsessivamente. Dario (Vinícius de Oliveira) sonha em se tornar jogador de futebol mas, aos 18 anos, vê a idéia cada vez mais distante. Dinho (José Geraldo Rodrigues) dedica-se à religião. Dênis (João Baldasserini) enfrenta dificuldades em se manter, sendo também pai involuntário de um menino. Os quatro são irmãos, tendo sido criados por Cleuza (Sandra Corveloni), sua mãe, que trabalha como empregada doméstica e está mais uma vez grávida, de pai desconhecido. Eles precisam lidar com as transformações religiosas pelas quais o Brasil passa, assim como a inserção no meio do futebol e a ausência de uma figura paterna.
OFICINAS:
Oficina 1: Animação stop motion
Data da oficina: 29 de Abril a 07 de Maio
Professores: Ulisses Tavares e Enzo Giaquinto
Horário: 13:00 às 18:00 horas
Capacidade: 20 Alunos
Perfil dos alunos: Pessoas envolvidas com a cultura local como artesãos locais, artistas, participantes de pontos de cultura, grupos de teatro, pessoas que já participaram de outras oficinas de cinema ou vídeo e principalmente professores da rede de ensino municipal e estadual interessados em disseminar os conhecimentos adquiridos durante a oficina para a comunidade.
Inscrições com Cirlene Leite: 9998 1756
Oficina 2: Habilitação para uso de Equipamento de Filmagem e Edição
Data da oficina: 12 a 15 de Maio
Professor: Enzo Giaquinto
Capacidade: até 10 alunos
Perfil dos alunos: Pessoas indicadas pela prefeitura a responsabilizarem-se pelo equipamento doado pela Mostra Garanhuns ao município.
Inscrições com Cirlene Leite: 9998 1756
Professores:
Ulisses Tavares – Ator e bonequeiro, é um dos diretores do Giramundo Teatro de Bonecos. Já realizou vários trabalhos de manipulação, construção, direção, concepção de espetáculos, vídeos e cenografia em Belo Horizonte (MG). É autor de cinco livros que integram o projeto Miniteatro Ecológico. Já realizou as filmagens de Pinocchio, Vinte Mil Léguas Submarinas e da Campanha Oito Metas do Milênio para o Canal Futura, além da participação na minissérie Mitologia Grega, do Fantástico e em comerciais para os teatros da Caixa Econômica com animação stop motion.
Enzo Giaquinto – É fotógrafo, marionetista e animador. Se aproximou do stop motion enquanto trabalhava com o Grupo Giramundo Teatro de Bonecos onde participou da minissérie Mitologia Grega, do Fantástico e em comerciais para os teatros da Caixa Econômica. Atualmente é freelancer e desenvolve diversos trabalhos na área da animação stop motion fazendo VT'S e trabalhando nas oficinas de animação do projeto CineSesi Cultural.
 
 
Ronaldo Cesar