sábado, 17 de maio de 2014

VEREADOR TENTA BARRAR AUMENTO NA TAXA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA NA JUSTIÇA

Os garanhuenses receberam neste mês de maio as suas faturas de energia elétrica com o reajuste na Contribuição de Iluminação Pública, aprovada pela maioria dos vereadores que integram a Câmara de Vereadores e sancionada pelo Prefeito Izaías Régis (PTB) ainda no ano passado.
A partir de agora, um cliente residencial que consome 264 kWh por mês, por exemplo, e que pagou em abril R$ 4,50 de Contribuição de Iluminação Pública estará recebendo neste mês a sua fatura da Conta de Energia Elétrica com um valor de R$ 14,56, ou seja, 324% de reajuste ou R$ 10,06 a mais do que vinha contribuindo mensalmente. Vale salientar que os valores e os percentuais variam de acordo com o consumo de cada cliente (confira o quadro em destaque) e os que consomem até 50 kWh estão isentos da contribuição.


O vereador Sivaldo Albino (PPS) votou contra o reajuste e como não conseguiu barrar o aumento no Plenário da Câmara, agora planeja entrar na Justiça para barrar a medida adotada por Izaías.

De acordo com Nota distribuída pelo Vereador a Imprensa e que vem sendo amplamente divulgada no Facebook, o Governo Izaías está lucrando em média R$ 200 mil reais por mês com a cobrança, o que segundo Ele vai de encontro à instituição da Lei, que prevê apenas o custeio da iluminação pública. “Vou continuar combatendo, já encaminhei oficio a Celpe para solicitar os dados e iremos ingressar com uma ação na Justiça para tentarmos derrubar esse absurdo que foi imposto pelo senhor Prefeito ao povo de Garanhuns!”, registrou Sivaldo Albino.