terça-feira, 26 de agosto de 2014

LIQUIGÁS , MINISTÉRIO DA SAÚDE E MARINHA DO BRASIL OFERECEM VAGAS



A Liquigás Distribuidora S/A, empresa subsidiária da Petrobras, divulgou edital do concurso para todos os níveis de escolaridade. A oferta é de 1.640 vagas, sendo 50 imediatas e 1.590 para formação de cadastro de reserva. As oportunidades, em diversos cargos, são para Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Amapá, Rio Grande do Norte, Bahia, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Maranhão, Distrito Federal, Pará, Rio de Janeiro, Ceará Alagoas, Goiás e Paraíba.

Os cargos de nível fundamental são de ajudante de carga/descarga, conferente, motorista de caminhão granel e oficial de produção. Os de nível médio são: oficial de manutenção (elétrica, eletrônica, mecânica) e técnico de instalações, de segurança do trabalho e de química.

As vagas que exigem formação superior são de engenheiro júnior (nas especialidades de elétrica, mecânica e segurança do trabalho), profissional de vendas e profissional júnior (administração e ciências contábeis), nestes casos para graduados em administração, ciências contábeis, economia e marketing.

Os vencimentos inicias variam de R$ 992,83 a R$ 4.372,46, dependendo da função. As inscrições podem ser feitas até esta terça-feira, dia 26, no site da Cesgranrio, a organizadora do concurso. As taxas são de R$ 35, R$ 45 e R$ 65.




Saiu o edital do concurso público para 743 vagas e formação de cadastro de reserva no Ministério da Saúde e Instituto Nacional de Câncer (Inca). São 176 vagas para lotação no Ministério da Saúde, em Brasília (DF), e 567 oportunidades para ingresso em cargos efetivos do Inca no Rio de Janeiro.

Os salários vão de R$ 2.205,20 a R$ 6.648,15, mais gratificações de titulação e desempenho, que podem elevar a remuneração mensal para R$ 13.755. Embora o edital já tenha sido publicado, a Funcab, organizadora do concurso, informou, em nota no seu site, que em breve serão divulgados o cronograma geral do concurso, com o período de inscrições e as datas das provas, e o conteúdo programático. Para o Inca, serão contratados analistas, assistentes, tecnologistas e técnicos em diversas áreas de atuação. Na administração do Ministério da Saúde, há vagas apenas para tecnologistas (várias áreas). A taxa de inscrição será de R$ 78 para os cargos de nível médio e de R$ 97 para funções que exigem nível superior.





A Diretoria de Ensino da Marinha publicou mais um edital, com 105 vagas destinadas a candidatos do sexo masculino para o Quadro Complementar de Oficiais da Armada (QC-CA) e para o Quadro Complementar de Oficiais Fuzileiros Navais (QC-FN). Os interessados poderão se inscrever pela internet ou em um dos postos de inscrição da Marinha, até 4 de setembro. O valor da inscrição é de R$ 45.

O edital prevê 82 vagas para o quadro de oficiais da Armada e 23 para o quadro de fuzileiros navais, destinadas a candidatos com menos de 29 anos de idade, com formação em ciências náuticas (áreas de náutica e máquinas), além das seguintes engenharias: computação, controle e automação, elétrica, eletrônica, telecomunicações, aeronáutica, ambiental e sanitária, bioprocessos, cartográfica e de agrimensura, civil, fortificação e construção, materiais, mecânica, mecânica de veículos militares, entre outras. Após ser aprovado em todas as etapas do concurso público, o candidato fará o Curso de Formação de Oficiais (CFO), de aproximadamente 36 semanas. Depois de ser aprovado no CFO, no final de 2015, os militares serão nomeados no posto de segundo-tenente, com remuneração de cerca de R$ de 8.050, além de benefícios.

O Globo