sábado, 6 de setembro de 2014

PREFEITO DE LAJEDO PODE DEIXAR FRENTE POPULAR


O prefeito de Lajedo, Rossine Blesmany (PSD), foi procurado nesta tarde por vereadores, lideranças comunitárias e empresariais, que fazem parte do seu grupo político, que revelaram o incômodo com o atual momento eleitoral no município, com a ingerência do grupo dos Dourado na campanha da Frente Popular. O grupo fez o apelo ao prefeito para que deixe o palanque socialista no estado.
A informação que temos é que o prefeito Rossine pediu ao grupo um tempo para refletir e tomar uma decisão. Recebemos esta informação de uma liderança política da cidade, que esteve presente no encontro. Rossine disse que compreende o grupo, mas não é o momento pra tomar a decisão, qualquer que seja ela, para não ser precipitado. 
Paulo Câmara tinha agenda em Lajedo neste final de semana, com caminhadas com o grupo do prefeito nesta sexta-feira, e com os Dourado, principalmente o ex-prefeito Antônio João e o deputado Marcantônio Dourado, no domingo. As duas caminhadas foram canceladas pela coordenação da campanha socialista, que enviou para os meios de comunicação uma nova agenda, substituindo Lajedo por caminhadas nos municípios de Calçado e Cortês.
Aliados do prefeito acusam os Dourado de prejudicar a campanha da Frente Popular em Lajedo. A caminhada de hoje tinha previsão de reunir entre oito e dez mil pessoas pelas ruas da cidade.
Como as pesquisas apontam empate entre Paulo Câmara e Armando Monteiro, qualquer decisão do prefeito será política, e levando em consideração a conjuntura local.