sexta-feira, 26 de setembro de 2014

UPE ESCOLHE NOVO REITOR E VICE NESTA TERÇA-FEIRA, 30 DE SETEMBRO; VOTAÇÃO SERÁ EM ÚNICO TURNO


                                                                                               Imagem / Assessoria UPE

Na próxima terça-feira (30), a comunidade acadêmica da Universidade de Pernambuco (UPE) vai escolher seu novo reitor e vice-reitor, para o quadriênio 2015-2018. A votação acontece em todas as unidades de ensino e também nos hospitais que compõem a instituição, no horário das 7h às 21h.

A votação será realizada num único turno. Concorrem  aos cargos de reitor e vice, respectivamente, os professores Emanuel Dias e Pedro Alcântara; Belmiro Cavalcanti e Mauro Barros; e Pedro Falcão e Maria do Socorro Cavalcanti. O voto será manifestado diretamente nas urnas através de cédula única, impressa com os nomes dos candidatos a reitor e vice, posicionados através de sorteio.

O reitor e o vice serão eleitos entre os membros da carreira do magistério superior em efetivo exercício na UPE, pelos professores, servidores técnicos-administrativos e estudantes, sob regime de voto direto e secreto, obedecidos os princípios da proporcionalidade e da paridade.

No dia 02 de outubro, o resultado será divulgado pela comissão eleitoral, no site da UPE. Será considerada eleita a chapa que obtiver o maior índice de votos. A homologação do resultado eleitoral pelo Consun será no dia 31 de outubro deste ano. O atual reitorado dos professores Carlos Calado (reitor) e Rivaldo Mendes (vice) termina em 31 de dezembro.
                                                                                           Imagem / UPE Recife


SERVIDORES FAZEM PROTESTO:

      Servidores da Universidade de Pernambuco (UPE) realizaram um ato de protesto na manhã desta quinta-feira (25) no Recife para pedir reajuste salarial e melhores condições de trabalho para a categoria. A mobilização partiu de três dianteiras.

Os servidores formaram grupos que se concentraram na frente das três unidades de saúde que compõem o complexo hospitalar da universidade: o Hospital Osvaldo Cruz, o Pronto Socorro Cardiológico de Pernambuco e o Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros.

Os manifestantes saíram em passeata até a reitoria da instituição onde se reuniram com o reitor em exercício. Os servidores pedem ainda a conclusão da UTI materna e a CME da maternidade.

Fonte / UPE/CBN
          Imagens: UPE/CBN