domingo, 26 de outubro de 2014

AÉCIO NEVES VOTA NO COLÉGIO ONDE DILMA ESTUDOU; TUCANO CONCEDE ENTREVISTA APÓS VOTO


O candidato Aécio Neves, do PSDB, votará hoje (26) por volta das 10h, no Colégio Estadual Central, como é conhecida a atual Escola Estadual Governador Milton Campos. Na escola pública, Dilma Rousseff, candidata à reeleição pelo PT, prestou concurso e ingressou em 1964, para cursar todo o ensino médio.

Dilma foi admitida no colégio no mesmo ano do Golpe Militar. Na biografia da candidata na página da Presidência da República na internet, é descrito como, naquela época, um “centro da efervescência estudantil da capital mineira”. Foi lá que, aos 16 anos, Dilma iniciou a vida política, integrando organizações de combate ao regime militar.

Pelos bancos do Colégio Estadual Central também passaram outros alunos que se tornaram personalidade do país, como o escritor Fernando Sabino, o cartunista Henfil e seu irmão, o sociólogo Betinho, o recém-eleito governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, o ex-jogador tricampeão mundial de futebol Tostão e o ator José Mayer.

Hoje, dia daquela que é considerada a eleição presidencial mais disputada desde 1989, os caminhos dos dois mineiros, nascidos na capital do estado, Belo Horizonte, se cruzam mais uma vez, no Colégio Estadual Central, onde, com a esposa Letícia Weber, Aécio Neves votará. No primeiro turno, o candidato teve dificuldade para entrar e sair da escola, dado o assédio dos eleitores querendo cumprimentá-lo e tirar fotos.

Depois de votar, Aécio concederá entrevista coletiva no Hotel Mercure, a cerca de 200 metros da Escola Estadual Governador Milton Campos. Até o fim da apuração dos votos, que terá sua primeira parcial para presidente divulgada somente às 20h, devido à diferença de 3 horas para o fuso-horário para o Acre, o candidato permanecerá em casa com a família. À noite, deve conceder coletiva de imprensa comentando o resultado. 

Da redação Sináculo
Fonte: Agência Brasil
Foto: Folha-PE