quarta-feira, 8 de outubro de 2014

DE 7 A 11 DE OUTUBRO ARCOVERDE RECEBE O FESTIVAL “PERNAMBUCO NAÇÃO CULTURAL”


Conhecida por ser a porta do Sertão e por sua contribuição para o cenário cultural pernambucano, Arcoverde é a próxima parada do Festival Pernambuco Nação Cultural, entre os dias 7 e 11 de outubro. Pelo terceiro ano, a terra do samba de coco recebe uma intensa programação artística com shows, espetáculos de dança e teatro, cultura popular, ações de literatura, cinema, entre outras linguagens. E como já é uma característica do FPNC, o público também pode participar de ações de Formação Cultural, como oficinas, workshops e palestras.

Celeiro de grandes artistas da música pernambucana, Arcoverde recebe o Palco Nação Cultural, na sexta (10) e sábado (11). A programação de shows reflete a importante contribuição musical da cidade para o estado de Pernambuco. Na sexta-feira, sobem ao palco as bandas Em Canto e Poesia, Fim de Feira e Quinteto Violado. A cantora cearense Amelinha encerra a noite com um show de grandes canções da MPB, eternizadas em sua marcante voz.

A noite do sábado tem um perfil mais contemporâneo, ao mesmo tempo que reconhece as tradições que são fonte de inspiração dos artistas mais urbanos. O Samba de Coco Trupé de Arcoverde representa a raiz da música pernambucana. O anfitrião abre a noite para os shows igualmente aclamados de Lucas e Orquestra dos Prazeres e banda Café Preto (projeto novo do cantor Canibal, da banda Devotos, com novos parceiros). Para encerrar a noite, um encontro musical inédito em Pernambuco. Estreou com muito sucesso em São Paulo, e agora gera expectativas em todos os lugares onde é anunciado: Lirinha e Ângela Rô Rô. A parceria começou em 2011 quando Lira, que é de Arcoverde, estava produzindo seu primeiro disco solo após a saída da banda Cordel do Fogo Encantado.

OUTRAS LINGUAGENS:

Durante a semana, o FPNC tem atividades para público de várias faixas etárias. O Cine Rio Branco abre as portas para a Mostra do Cinema Pernambucano que, além de exibições gratuitas de filmes, vai levar para a cidade debates com diretores e produtores dos respectivos longas exibidos. Já o SESC Arcoverde, será palco das Artes Cênicas, com diversos espetáculos de teatro. A cidade recebe ainda ações de Literatura, Patrimônio e Cultura Popular. Haverá um Encontro de Bois, manifestação que representa uma das tradições populares mais fortes de Arcoverde, ao lado do samba de coco e dos reisados.

O Quilombo dos Bredos, localizado na cidade de Betânia, na região do Sertão do Moxotó, também receberá atividades do FPNC através da Coordenação para Populações Rurais e Povos Tradicionais. No local, acontecerão apresentações culturais de grupos que buscam fortalecer a tradição com um trabalho voltado para a arte como símbolo de resistência.

FORMAÇÃO CULTURAL:

Estão abertas, até a próxima terça-feira (7), as inscrições para ações de formação do Festival Pernambuco Nação Cultural – Sertão do Moxotó. Com programação contemplando as cidades de Arcoverde e Sertânia, além do Quilombo dos Bredos, na cidade de Betânia, serão realizadas 9 oficinas e 5 rodas de diálogos. O objetivo é fomentar e debater as tradições culturais da própria região.

Para se inscrever, o interessado deverá preencher o formulário presencialmente, no local indicado em cada uma das opções detalhadas abaixo. No Quilombo dos Bredos, as ações serão destinadas exclusivamente aos moradores da referida comunidade.

Entre os destaques voltados à produção cultural do Sertão do Moxotó, está a oficina de Xilogravura, que será ministrada pelo artista plástico e músico Cacau Arcoverde, e visa praticar técnicas básicas da impressão de xilogravuras, incluindo curiosidades históricas. E para quem adora ler e escrever, a dica é participar do Workshop de Criação Literária, que será realizado com o escritor Paulo Caldas, nos dias 10 e 11 de outubro, no SESC de Arcoverde. Além dessas, acontecem oficinas de grafite, fotografia, dança, entre outras.

O       público pode acompanhar as novidades do e a programação completa de Arcoverde no FPNC Sertão do Moxotó pelo site www.cultura.pe.gov.br/nacaocultural

          Fonte: Fundarpe
Texto: Fundarpe
Imagem: Divulgação