quarta-feira, 8 de outubro de 2014

FILIG COMEÇA NESTA QUINTA-FEIRA




O Festival Internacional de Literatura Infantil de Garanhuns, o Filig, primeiro do gênero no Nordeste, começa nesta quinta-feira (9) e segue até o domingo (12), Dia das Crianças e início da Semana Nacional do Livro. Serão diversas atividades gratuitas no Sesc Garanhuns e no Parque Ruber van der Linden, o Pau Pombo, com a proposta de promover a interação de crianças e adultos com renomados escritores e ilustradores do Brasil e da América Latina, como Irene Vasco (Colômbia), Florencia Esses (Argentina) e Eleonora Arroyo (Argentina). A expectativa da organização é de que cerca de 6 mil pessoas participem de diversas atividades programadas para os quatro dias de evento.

A abertura do festival será na quinta-feira (9), a partir das 19h30, no Parque Ruber van der Linden. No local, todas as tardes de sexta-feira (10) até o domingo (12) acontecerão: roda de leitura com o grupo Encantadores de História; Performance do Ilustrador, com Nireuda Longobardi, Laerte Silvino e Braga Câmara; bate-papo com autores nacionais; lançamento de livros e apresentações artísticas de escolas da rede municipal de Garanhuns. Além disso, serão montados no parque uma biblioteca ao ar livre, que terá todo acervo de livros doado para as unidades públicas de ensino de Garanhuns após o evento, e uma feira de livros.

Oficinas, bate-papos e palestras serão realizados no Sesc Garanhuns. Pela manhã, a partir das 9h, as crianças poderão participar de oficinas de escrita e ilustração. As conversas com as autoras internacionais, em que os pequenos poderão conhecer a vida e a obra delas, também serão realizadas pela manhã. Haverá ainda oficinas para os profissionais locais que atuam na área literária.

AS OFICINAS:

 Para crianças são de literatura de cordel, de leitura imagética e de ilustração, todas gratuitas, mas voltadas para idades diferentes. A oficina de Literatura de Cordel, que vai trabalhar os versos rimados, é voltada para crianças de 10 a 12 anos, que já sabem ler e produzir textos. Os mais novos, a partir dos 6 anos, podem aprender a trabalhar técnicas de ilustração e desenho livre com o ilustrador recifense Braga Câmara. As crianças, acima dos 8 anos, podem participar da Oficina de Leitura Imagética, para criar textos não verbais, a partir de técnicas como a colagem. Todas as oficinas serão realizadas nos dias 10, 11 e 12 de outubro, no Sesc Garanhuns.

PERFORMANCES:

         Para quem tem curiosidade de conhecer o trabalho dos ilustradores de livros para crianças, o Filig apresentará ao público o trabalho de Braga Câmara, Nireuda Longobardi e Laerte Silvino, através de performances no Parque Ruber van der Linden, o Pau Pombo. As atividades, gratuitas, serão nos dias 10, 11 e 12, às 16h.

O recifense Braga Câmara será o primeiro, na sexta-feira (10). O ilustrador, especialista em retratar figuras humanas através dos quadrinhos, mostrará o seu processo de criação com as técnicas de aquarela e lápis. O artista ilustrou os livros ‘O aprendiz de Don Juan’ e ‘A visão do mundo de um cãozinho de estimação’, escritos por Antonio Nunes, o Tonton, curador do Filig, e premiados pela Academia Pernambucana de Letras.

No sábado (11), será a vez de conhecer a técnica oriental kiriê, especialidade da potiguar radicada em São Paulo, Nireuda Longobardi. A ilustradora apresentará como os cortes de estilete podem formar imagens no papel na técnica chinesa que exige atenção, delicadeza e paciência. “O que me encanta na técnica do kiriê é a delicadeza do corte do papel, do movimento da lâmina, as figuras que surgem através do corte do papel, a sombra da imagem projetada quando o trabalho está finalizado”, diz Nireuda sobre o trabalho.

No Dia das Crianças (12), o ilustrador pernambucano Laerte Silvino mostrará seu trabalho. Dividindo-se entre a literatura infantil e a publicação em produtos jornalísticos e atuando também em grandes editoras de livros didáticos, Silvino tem, entre as suas obras, a adaptação em quadrinhos de clássicos como I-Juca Pirama, de Gonçalves Dias.

PALESTRAS:

        AS PALESTRAS da noite são voltadas ao público em geral interessado em desvendar o mundo da literatura infantil. Todas serão a partir das 19h30, no auditório Sete Colinas, do Sesc. 
A escritora colombiana Irene Vasco, que escreve livros para crianças há mais de 25 anos, abre a programação de palestras na sexta-feira (10), falando sobre “Formação de leitores – relatos de uma vida dedicada aos livros e à leitura”. 
No sábado (11), a escritora argentina Florencia Esses, autora de poesia e contos para crianças, com experiência na área de formação de leitores, será a palestrante, abordando “Poesia e trava-línguas: uma iniciação à literatura para crianças menores”.

           A ilustradora argentina Eleonora Arroyo, que vive e trabalha em Buenos Aires e se dedicou à educação pela arte após fazer experiências com teatro de sombras, encerra a programação no domingo (12), com a palestra “Um panorama da ilustração argentina”.

Nesta primeira edição, o Filig tem como tema “Literatura Infantil - Construindo Cidadãos”. O tema surgiu da crença de que através da literatura é possível construir e incutir o hábito da leitura na vida de crianças, para que se tornem cidadãos e leitores críticos.

O Festival Internacional de Literatura Infantil de Garanhuns é uma realização da Proa Cultural, com patrocínio da Ferreira Costa e apoio da Prefeitura de Garanhuns, através da Secretaria de Educação Municipal, do Serviço Social do Comércio (Sesc Garanhuns), da TV Pernambuco (TV PE) e da Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil (AEILIJ). A curadoria é de Antonio Nunes Barbosa Filho, o Tonton, que também é coordenador AEILIJ e membro da União Hispanoamericana de Escritores.

EXPOSIÇÃO 

- Neste ano, o Filig vai homenagear ilustradores e escritores da Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil (AEILIJ), que completa 15 anos em 2014. Para marcar a data, o festival vai trazer uma exposição com ilustrações e textos inéditos dos fundadores da Associação.

ATIVIDADES PARALELAS - O festival também conta com uma série de atividades paralelas que se iniciaram em agosto e seguem até dezembro, com as oficinas de Formação de Mediadores de Leitura e de Gestores de Bibliotecas. O objetivo dessas atividades é formar multiplicadores de leitura para atuação direta em literatura infantil na cidade de Garanhuns.

A indicação dos participantes das oficinas ficou a cargo da Secretaria de Educação de Garanhuns. Cada oficina capacitará até 24 profissionais, num total de 100 pessoas beneficiadas, que atuarão como agentes multiplicadores, atingindo indiretamente até três mil crianças.

KITS DE LEITURA -

 As escolas municipais seis bibliotecas existentes em Garanhuns vão receber “Kits de Leitura” formados por um acervo de livros infantis que serão entregues em um expositor com suporte para os livros. Ao todo, serão 58 kits. A seleção dos livros seguirá as recomendações da Fundação Nacional do Livro Infantil Juvenil (FNLIJ) e da curadoria do festival. Além das escolas e das bibliotecas, todas as crianças de zero a cinco anos, matriculadas na rede pública de Garanhuns, vão receber um kit com livros da Coleção Itaú de Livros Infantis. A parceria foi firmada entre a Proa Cultural, que está realizando o Festival Internacional de Literatura de Garanhuns(Filig) e o banco Itaú  

       Voluntários - Doze estudantes universitários de Garanhuns serão voluntários do Filig. Estudantes de cursos, como Letras e Pedagogia, os voluntários foram selecionados pela Secretaria de Educação de Garanhuns. Depois da seleção, eles participaram de um treinamento, conduzido pela curadoria e pela produção do evento, no qual foram abordados, dentre outros temas, o relacionamento com o público e aspectos da legislação referente ao voluntariado. Nos três dias do Filig, os voluntários circularão entre o Sesc Garanhuns e o Parque Ruber Van der Linden, o Pau Pombo, orientando turistas e participantes do festival sobre o evento e também sobre a cidade. 

LIBRAS - Compreendendo a importância da inclusão de pessoas com deficiência auditiva, o Filig contará também com intérprete da Língua Brasileira de Sinais, Libras. O intérprete de Libras estará em todas as atividades realizadas à tarde e à noite, desde mediação de leitura com os Encantadores de História até as palestras com as convidadas internacionais Irene Vasco, Eleonora Arroyo e Florencia Esses.

GARANHUNS –

 A cidade de Garanhuns foi escolhida para receber o Filig porque já vem desenvolvendo ações voltadas para a literatura infantil, como a implantação de salas de leitura e a realização de bienais de livro, que contribuem para a formação de leitores. A escolha da data do festival (9 a 12 de outubro) levou em consideração o início da Semana Nacional da Leitura, além das comemorações do Dia das Crianças.

FERREIRA COSTA –

 Com 130 anos de fundação, a Ferreira Costa vem patrocinando diversas ações voltadas para a valorização das expressões culturais. São vários projetos apoiados pela Ferreira Costa, sobretudo os que visam o incentivo à leitura e à literatura. Uma dessas iniciativas é o Projeto Sala de Leitura. Realizado desde 2005, tem como objetivo democratizar o acesso ao livro e incentivar o hábito de leitura entre alunos da rede municipal de ensino.

O acervo das salas engloba 1.000 títulos não didáticos, incluindo infantis, infanto­-juvenis, obras de ficção, psicologia, sociologia, literatura brasileira e estrangeira. As obras são doadas para escolas públicas e, inclusive, é feita uma capacitação para que a própria entidade possa administrar o espaço de leitura. Já foram implantadas 84 salas de leitura, distribuídas pelas cidades de Garanhuns, Lajedo, Bom Conselho, e nas capitais Recife e Salvador.

A empresa também participou de duas edições da Bienal do Livro de Garanhuns, em 2012 e 2014, promovendo ações de contação de história e de doação de livros.

Ao promover o Filig, a Ferreira Costa busca desenvolver uma série de ações artístico-educativas, com foco em Literatura Infantil, envolvendo escolas públicas, bibliotecas, salas de leitura das escolas, a Academia de Letras de Garanhuns, profissionais liberais, entre outros atores da comunidade literária.

Contatos da Assessoria de Imprensa do evento:


          Fonte: Secom-PMG
          Texto: Cloves Teodorico
          Imagem: Divulgação / Irene Vasco