quarta-feira, 15 de outubro de 2014

PAULO CÂMARA CONCLAMA PREFEITOS DE PERNAMBUCO A VOTAREM EM AÉCIO

“A aliança com Aécio não é apenas uma aliança eleitoral. É uma aliança
de compromissos” disse o Governador eleito


        “A aliança com Aécio não é apenas uma aliança eleitoral. É uma aliança de compromissos”, explicou Paulo, que participou de uma reunião com prefeitos da Frente Popular de Pernambuco

Para uma plateia composta de 120 prefeitos, além de vice-prefeitos, vereadores e ex-prefeitos, o governador eleito Paulo Câmara (PSB) conclamou hoje (15.10) o voto no candidato da coligação Muda Brasil, Aécio Neves, à Presidência da República. “A aliança com Aécio não é apenas uma aliança eleitoral. É uma aliança de compromissos”, explicou Paulo, que participou de uma reunião com prefeitos da Frente Popular de Pernambuco, no hotel Casa Grande, em Gravatá.

O governador eleito de Pernambuco disse que Aécio se comprometeu com as propostas que foram defendidas inicialmente pelo ex-governador Eduardo Campos e depois por Marina Silva. “Aécio vai levar o ensino em tempo integral a todo Brasil. Ele também vai destinar 10% do orçamento da União para a Saúde e vai corrigir a tabela do SUS, além de criar uma versão nacional do Pacto pela Vida”.

Paulo Câmara disse, ainda, às lideranças municipais de Pernambuco, que Aécio Neves pretende retomar uma política de desenvolvimento regional que beneficie as regiões mais pobres do País, além de repensar a política de distribuição de recursos entre a União, os Estados e os municípios. “Essa aposta em Aécio é uma aposta para mudar o Brasil, para melhorar a vida dos brasileiros”. Na avaliação do governador eleito, o atual Governo Federal vai entregar aos brasileiros um País pior do que recebeu.

Paulo aproveitou o encontro com os prefeitos para agradecer o apoio que recebeu durante a campanha eleitoral, que o levou a conquistar 68% dos votos dos pernambucanos – obtendo a maior vitória do Brasil. “Foi uma vitória de Pernambuco, do povo pernambucano, que quer que a gente continue no caminho aberto por Eduardo. Eu quero entregar um Estado melhor do que vou receber”.

O presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) e prefeito de Afogados da Ingazeira, José Patriota, afirmou que a situação das prefeituras é de “arrocho”. Patriota elogiou a criação do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal, o FEM, pelo Governo Eduardo, quando Paulo Câmara ocupava a Secretaria da Fazenda. “Hoje o FEM representa mais do que os repasses federais”, informou o prefeito.

          Da redação Sináculo
          Imagem: Divulgação