sábado, 27 de dezembro de 2014

OBSERVATÓRIO DE DIREITOS HUMANOS É CRIADO EM PERNAMBUCO

            
Secretário Executivo de Justiça e Direitos Humanos Paulo Moraes.
               O Secretário Executivo de Justiça e Direitos Humanos, da Secretaria de Desenvolvimento social e Direitos Humanos, Paulo Moraes, o Reitor da Universidade Católica de Pernambuco, Padre Pedro Rubens, e o promotor e representante do Ministério Público – MPPE, Marco Aurélio, firmaram, na última segunda-feira, 22, na Unicap, o termo de cooperação que cria o Observatório de Direitos Humanos.

          O Observatório, resultado da parceria entre as três instituições, surge para promover os direitos humanos através da observação dos registros de violações e produção de verdadeiros diagnósticos preventivos, a partir do estudo de dados de violência. Nos relatórios constarão a frequência em que ocorrem as violações, especificidades e segmentos socialmente mais suscetíveis. As informações obtidas subsidiarão atividades de programas de proteção, bem como futuras ações no âmbito do estado de Pernambuco.

                 Ademais, a inciativa vai possibilitar, também, a cooperação técnico-científica, por meio de professores e alunos, e corpo de pessoal da SEJUDH e do MPPE. Além de disponibilizar apoio especializado aos pleitos do público mais vulnerável, como: pessoa idosa, criança e adolescente, população LGBT, vítimas e familiares de vítimas de violência.

                      Segundo Paulo Moraes, o espaço trará um reforço significativo ao trabalho de combate as violações no estado, dando visibilidade as ações e ampliando os atendimentos para um maior número de pessoas vítimas de violência.

                     Para o pró-reitor comunitário e coordenador do Instituto Humanitas Unicap, Padre Lúcio Flávio Cirne, questões que envolvem os Direitos Humanos está no centro da missão da Universidade comprometida com a vida. “A nossa Universidade está comprometida com Ensino, Pesquisa e Extensão voltados para um bem comum. É a academia que vai ao encontro da sociedade. Essa inter-relação é positiva tanto para a Católica quanto para os movimentos sociais e para as políticas públicas”, completou.

                  Estavam presentes à solenidade a Pró-reitora Acadêmica, professora Aline Grego; o Pró-reitor Comunitário e coordenador do Instituto Humanitas Unicap, Padre Lúcio Flávio Cirne; o chefe de Gabinete da Reitoria, Rodrigo Pellegrino; o jurista Dr. Maxwell Vognolli; a Professora do curso de Direito da Católica, Carolina Valença Ferraz; o coordenador da Equipe de Articulação da SEJUDH, Rigoberto Arantes; e representantes da Sociedade Civil.