terça-feira, 13 de janeiro de 2015

DEPUTADOS DE PERNAMBUCO DÃO PAUSA EM RECESSO PARA VOTAR AUMENTO de 26,3%






Os deputados estaduais deram uma pausa no recesso nesta segunda-feira (12) para uma votação extraordinária referente ao reajuste salarial que passará a valer a partir de fevereiro deste ano. Os parlamentares pernambucanos pegam carona no aumento recebido pela Câmara Federal, no fim do ano passado, e passarão a receber R$ 25,3 mil, aumento de 26,3% no valor anterior de R$ 20 mil. 

Por lei, os deputados estaduais do estado podem ter vencimentos equivalentes a até 75% do salário de deputados federais e senadores, que tiveram reajuste anunciado no final do ano passado. A data do anúncio feito em Brasília - dias antes dos recesso na Casa Joaquim Nabuco - fez com que a votação fosse adiada para este ano, gerando a necessidade do "retorno ao trabalho" em meio ao recesso.

Caso o aumento não fosse votado antes do retorno dos parlamentares, os salários ficariam congelados em R$ 20 mil até 2018, pois, de acordo com a Constituição Federal, os novos parlamentares não poderiam legislar em causa própria. Entretanto, na prática, como mais da metade dos deputados foram reeleitos, acabarão votando com interesses em jogo. O resultado da votação será definido por maioria absoluta, com 25 votos o projeto já pode ser aprovado.

E se...

          O reajuste que deve ser aprovado pelos deputados estaduais é de 26,3%, percentual quase três vezes maior aos 8,8% que foram aplicados no salário mínimo desde 1° de janeiro.Se o mesmo percentual fosse aplicado ao valor mínimo, os trabalhadores passariam a receber pouco mais de R$ 914. 

        Com os novos vencimentos vigentes, os deputados pernambucanos receberão todo mês, um valor mais de 32 vezes maior aos R$ 788 pagos ao trabalhador que recebe o salário mínimo.

foto:google

texto -http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/politica/2015/01/12/interna_politica,554137/deputados-de-pernambuco-dao-uma-pausa-no-recesso-para-votar-aumento-dos-proprios-salarios.shtml