terça-feira, 6 de janeiro de 2015

MARIA DA PENHA VAI À ESCOLA



            O projeto Maria da Penha vai à Escola será levado para escolas de Garanhuns. A partir do mês de agosto, temáticas que envolvem gênero, raça e etnia serão trabalhadas em sala de aula. Antes disso, no mês de março, gestores, professores e coordenadores serão capacitadas. A execução do projeto, realizada pela Secretaria da Mulher (Secmul) em parceria com a Secretaria de Educação e Esportes (Seduce), visa a mudança de comportamento dos estudantes, prevenindo possíveis atos de violência.

                  A secretária da Mulher de Garanhuns, Eliane Simões Vilar, fala sobre a importância de trabalhar os temas que envolvem gênero e violência nas escolas. “Entender que violência de gênero e suas derivações estão enraizadas na cultura, que se reproduz, também, de forma contínua, na escola, nos impulsiona a querer levar esses assuntos para dentro das salas de aula. E como é o ambiente onde os adolescentes estão para aprender, é de fundamental importância incluir temas como esses no programa escolar”, completa a titular da pasta.

                  A proposta do programa Maria da Penha vai à Escola é discutir a questão de gênero e suas variações, e a reflexão, para a mudança. Durante as práticas do programa serão propostas metodologias para que se trabalhe as temáticas a partir de capacitações por meio de rodas de conversas e, posteriormente, formulando políticas públicas para implantação no município.

                Na primeira fase do projeto, que iniciará em março deste ano, serão realizadas atividades com os gestores, coordenadores e professores. Na segunda fase, que acontecerá a partir do mês de agosto, as ações acontecerão com os pais e estudantes das instituições. A proposta é envolver todas as escolas da Rede Municipal de Ensino de Garanhuns.

SECOM GARANHUNS