terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

RONALDO CÉSAR E A TROPICANA DEIXARAM O CARNAVAL DE ZÉ PULUCA AINDA MAIS BELO E ANIMADO.

A Praça São Sebastião ficou pequena para receber os foliões que acompanharam o bloco com os bonecos gigantes pelas ruas de Bom Conselho. Ao final, no palco, pudemos compartilhar com nosso frevo, deste evento grandioso!

Os passistas da Cia. Brasil de Dança, de Olinda, abrilhantaram nossa apresentação. Maravilhoso!

Os bonecos fazem referências aos artistas locais, como o Maestro Zé Puluca, Pedro de Lara e Basto Peroba, que recebeu a homenagem em vida, com saúde e participando da festa. Ariano Suassuna, patrono da Associação do Músicos de Bom Conselho, também ganhou um boneco em sua homenagem

Com muito frevo no meio da praça e bonecos gigantes, a festa lembra muito o carnaval de Olinda.

O idealizador e batalhador Carlos Alberto recebeu o prefeito Dannilo Godoy, que se comprometeu em apoiar ainda mais o evento em 2016. O Carnaval de Zé Puluca mobilizou mais de dez mil pessoas pelas ruas e praças da cidade. Foi uma grande estrutura de palco, som e iluminação, além das barracas, camisas, seguranças, entre outros investimentos.
O ex-presidente da Fundarpe, Severino Pessoa, recebeu homenagem especial das mãos de Carlos Alberto. O evento contou com o apoio do Governo do Estado, através da Fundarpe e Secretaria de Cultura.

Um encontro de mágicos da sanfona: Basto e Tuxinha.

Muita gente fantasiada, escolhemos alguns que subiram ao palco para fechar a festa com chave de ouro. E olha que depois ainda teve Almir Rouche, um dos maiores expoentes da música pernambucana.