segunda-feira, 27 de abril de 2015

ESCOLA DE GARANHUNS FICA TRÊS DIAS SEM AULA E CORRE RISCO DE DESABAMENTO



                        A escola Letácio Brito pessoa, localizada no bairro Santo Antônio, que leva nome de um ex-professor do município, passou por uma situação um tanto inusitada durante a semana passada. Alunos do ensino fundamental 1 e 2 ficaram sem aula durante três dias. A alegação da direção da escola encontra apoio no fato de uma parte da estrutura da cobertura ter sido danificada, e assim, impossibilitado a realização dessas aulas. A direção se refere a uma telha que acabou quebrando em parte e cedendo logo em seguida, ficando metade posicionada de forma correta, quando a outra metade não impedia a entrada de chuva, vento ou mesmo outros detritos.

             O retorno as aulas, ocorreu, não necessariamente, em função da solução do problema, que seria a instalção de uma nova telha, ou mesmo manutenção desta. Aconteceu por decisão própria administrativa, entendendo a necessidade de se retomar as atividades normais daquela escola. Com ensino do fundamental 1 e 2, nos períodos manhã, tarde e noite, além do projeto Educação de Jovens e Adultos (Eja), a escola Letácio Brito Pessoa abriga hoje jovens de faixa etária entre 10 e 18 anos, moradores do bairro Santo Antônio, além dos imediatamente mais próximos, Boa Vista e Aluísio Pinto. Informado o ocorrido ao governo municipal, nada foi feito.

RISCO DE DESABAMENTO - A escola, passa por uma problemática bem maior se comparada a uma telha quebrada.  Informações recentes dão conta de que há risco eminente de desabamento daquela estrutura física. Segundo informações da prória direção e de técnicos que estiveram avaliando a situação atual da alvenaria e estruturas adjascentes, a escola tem um vazamento de água que percorre canos instalados na parte que está localizada debaixo dela, contribuindo para enfraquecimento, desordem e possível desabamento do prédio. “Isso ocorre a aproximadamente 1 ano, sem que o prefeito Izaías, ou a Secretária de Educação tome providências no sentido de solucionar esse vazamento. São vidas de adultos e crianças que estão ameaçadas por falta de compromisso desse governo de Garanhuns. Não há compromisso com educação nem segurança no trabalho”, disse uma professora que prefere não se identificar.
Fomos até a Secretaria de Educação em busca de mais informações com Janecélia Marins, Secretária da pasta, entretanto não fomos atendidos, além de não termos recebido comunicado oficial sobre o caso.

               Janecélia, além de ocupar a pasta de Educação em Garanhuns cumula ainda os cargos de professora da secretaria de Educação do Estado de Pernambuco; Professora de Ensino superior; Coordenadora Pedagógica da Unidade Acadêmica de Garanhuns da Universidade Estadual Vale do Acaraú,  Formadora de Programas de Educação Continuada para Profissionais de Educação. Muito comprometida, não coube tempo em sua agenda para dar atenção necessária ao caso da escola Letácio Brito Pessoa, que continua em plena atividade com todos os problemas tratados acima pela matéria.







Fonte: Blog do Gidi Santos
          www.blogdogidisantos.blogspot.com.br