sábado, 16 de maio de 2015

ELIAS GLAIZER FAZ SUA VIAGEM DERRADEIRA

             Elias Gleizer (Foto: Divulgação)
Elias Gleizer (Foto: Divulgação)

           Morreu neste sábado, dia 16, no hospital Copa D'Or, o ator Elias Gleizer. Ele estava internado desde quarta-feira, após fraturar cinco costelas e perfurar o pulmão durante uma queda. Neste dia, ele havia saído para ir ao dentista. O próprio dentista foi buscar o ator em sua casa, na Barra da Tijuca, para levá-lo ao consultório, dentro de uma galeria em Copacabana. Na subida pela escada rolante, Gleizer caiu, quebrando a costela e perfurando o pulmão. Ele foi internado e logo começaram algumas complicações, quando pegou uma pneumonia e uma infecção hospitalar. Mas o ator já havia saído da UTI para a semi-UTI.

            Sua assessora de imprensa, Tatiane Zeitulian, havia conversado com ele por telefone nesta sexta-feira, dia 15, e ele havia dito que estava tudo bem, que não era para se preocupar, que logo logo ele iria para casa. O óbito pegou a todos de surpresa. 

O enterro deve ser no Rio. A irmã Rosa está vindo de São Paulo para o Rio de Janeiro para resolver as burocracias. 
Bruno Gagliasso foi o primeiro a postar em seu perfil no Instagram uma foto do ator e a carinhosa mensagem: "Meu avô querido... Chegou a hora de descansar". 

          Aos 81 anos, Gleizer nunca casou nem teve filhos.

             Entre 2011 e 2013, o ator havia sido internado por três vezes, devido a complicações de um problema renal crônico, e chegou aos 67 quilos - perdendo mais de 50 dos habituais 120. 

             Em 56 anos de carreira, iniciada na TV Tupi, em 1959, o ator participou de mais de 50 novelas, sendo a última Flor do Caribe, em 2013. Seu tipo bonachão e seu jeito doce sempre renderam personagens do mesmo estilo, incluindo 10 padres, e por isso o carinho da classe, como Bruno Gagliasso em lhe chamar de "avô". 


TAGS: