sexta-feira, 1 de maio de 2015

FESTIVAL VIVA DOMINGUINHOS REUNE UMA MULTIDÃO NO PRIMEIRO DIA; PARAIBANO FLÁVIO JOSÉ ENCERRA NOITE QUE MOTIVOU PÚBLICO PRESENTE


Começou nesta quinta-feira (30), em Garanhuns (PE), a segunda edição do Festival que homenageia o filho ilustre, cantor, compositor e um dos maiores sanfoneiros do brasil, José Domingos de Morais, o Dominguinhos. Criado em 2014, o “Viva Dominguinhos” em sua primeira noite de shows artísticos na Praça Cultural Mestre Dominguinhos – antiga Esplanada Guadalajara –, contou com as apresentações do projeto ARAL, que é o resultado de uma parceria entre Alexandre Revoredo, Adiel Luna e Rogério Diniz; Nádia Maia, Quinteto Violado e Flávio José.

Uma verdadeira multidão acompanhou os shows atentamente arrastando o pé, no forró, xaxado, xote e baião, nessa que se consolida  como maior “prévia” de festa junina do estado de Pernambuco. Passava da 01:00 da madrugada de sexta-feira quando o cantor Paraibano Flávio José subiu ao palco para encerramento da primeira noite de shows. Flávio contagiou a multidão que cantou do início ao fim canções que marcaram época e projetaram o artista nacional e mundialmente. No repertório canções como, Me diz amor como é que vai ficar, A Casa da Saudade e difícil demais, fizeram o sanfoneiro conquistar de vez os garanhuenses, que apaixonados a muito por Dominguinhos, reservam agora um espaço no coração para o mais Pernambucano dos Paraibanos, Flávio José.

Hoje tem mais. A partir das 21h,  teremos os shows de Nando Azevedo, Geraldinho Lins, Petrúcio Amorim e Alcymar Monteiro.  Antes, a partir das 10h, tem apresentações no palco montado no Espaço Colunata, com shows das Banda Quero Xote, Ivan Maceió, Os Coroa do Forró, Projeto Seu Domingu´s, Forró Pesado e O Bom Kixote.

A GARFEA garfe ficou por conta do prefeito de Garanhuns Izaías Régis, que em entrevista ao radialista Gilson Santos da rádio 87 FM disse “O povo de Garanhuns  é muito acomodado, só costuma chegar aos eventos muito tarde”. Régis se referia ao horário já tardio, por volta das 23;00h e ao fato de naquele momento não haver ainda o público esperado por ele na praça Mestre Dominguinhos. Mesmo diante da frase de efeito o evento transcorreu naturalmente.

Quinteto Violado.Três artistas garanhuenses fazem parte da formação atual da banda.
Cantora Pernambucana Nádia Maia em sua apresentação.
Projeto Aral


Fotos: Edson Fernandes Secom/PMG