sábado, 23 de maio de 2015

MARCHA A BRASÍLIA: PACTO FEDERATIVO SERÁ DISCUTIDO NA CÂMARA E NO SENADO FEDERAL


Em todos os anos, durante a Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, os gestores se descolam até o Congresso Nacional para um diálogo com os parlamentares. Este ano, na XVIII edição, vai acontecer o inverso. Deputados e senadores, inclusive os presidentes das duas Casas, Renan Calheiros (PMDB-AL) e Eduardo Cunha (PMDB-RJ), além dos líderes partidários, irão ao encontro discutir o tema central: o Pacto Federativo.

Nomeada como O Pacto Federativo e o Congresso Nacional, a plenária será a primeira atividade do dia 27 de maio, às 9 horas. O momento se torna mais relevante justamente porque Câmara e Senado, ultimamente, têm pautado proposições que promovem ajustes naquilo que refere-se a cada ente da federação. A Câmara em especial tem percorrido o País para debater propostas com cada Estado.

Pacto Federativo: Esperança de vida aos Municípios é o tema central da XVIII Marcha. Esta discussão foi temática de outras edições, mas está novamente em pauta, porque, segundo o presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, redefinir as competências e dividir melhor a arrecadação tributária é a única solução para os entes municipais. “As prefeituras recebem a cada ano mais atribuições, sem financiamento, suportam programas subfinanciados e não comportam mais essa situação. É preciso mudar”, completa.

Fonte: CNM
           Imagem: Reprodução