segunda-feira, 24 de agosto de 2015

GARANHUNS E REGIÃO RECEBERAM O NOVO BISPO COM FESTA E ALEGRIA




             Milhares de fiéis católicos lotaram a Esplanada Cultural Mestre Dominguinhos para receber com festa e louvores o novo bispo da Diocese,  DOM PAULO JACKSOM NOBREGA DE SOUSA. O governador Paulo Câmara participou da celebração eucarística que marcou a chegada do 11º bispo da diocese local, no Agreste pernambucano. Antes da missa campal, o chefe do Executivo pernambucano participou da cerimônia de posse canônica, realizada na Igreja Matriz.


           


                Na ocasião o governador destacou que o religioso poderá contar com a solidariedade do povo pernambucano. "Pernambuco é um Estado de pessoas de muita fé, que buscam, junto com toda a sua família, dias melhores. Um povo com muita fé que as coisas aconteçam, principalmente para aqueles que mais precisam. É um povo solidário, trabalhador, que busca ajudar cada vez mais o próximo", afirmou Paulo.



                 O chefe do Executivo estadual também enalteceu a importância de parcerias com a Igreja Católica. "Nosso Estado tem muita gratidão por tudo que a Igreja Católica tem feito pelo povo. Ela tem nos ajudado muito em vários aspectos, tanto na evangelização, quanto na saúde; além do tratamento de pessoas que precisam de ajuda porque se envolvem com drogas e bebidas", pontuou Câmara.  Acompanharam o governador na celebração religiosa os secretários estaduais Antônio Figueira (Casa Civil), Thiago Norões (Desenvolvimento Econômico) e Pedro Eurico (Justiça e Direitos Humanos).


                 Em suas primeiras palavras, já como novo bispo, Dom Paulo Jackson relembrou sua origens, agradeceu a seus formadores e citou uma música de Dominguinhos, filho da terra. Depois reforçou o que já havia dito na sua sagração episcopal em Patos no último dia 18 de julho "A esposa deixa seus pais e se une ao seu marido formando assim uma só carne. O mesmo acontece na vida sacerdotal. Os padres se tornam membros de um único corpo que é formado por Jesus Cristo e a Igreja é nossa esposa, disse o sacerdote.


              De acordo com estimativas não oficiais, cerca de 30 mil pessoas estiveram na posse para saudar o novo bispo, lotando as ruas a Igreja Matriz e sobretudo a Praça Mestre Dominguinhos, palco de tantos shows artísticos e que ontem foi cenário para uma das manifestações religiosas mais fervorosas que a cidade presenciou.

.




ORIGENS DO NOVO BISPO 





                 Dom  Paulo Jackson é o 11º bispo de Garanhuns. Ele tem 46 anos e nasceu em 17 de abril de 1969 em São José de Espinharas, no Estado da Paraíba. Estudou Filosofia no Instituto de Teologia do Recife (ITER) e Teologia no Seminário Arquidiocesano “Imaculada Conceição” em João Pessoa (1990-1992). Licenciou-se em Ciências Bíblicas no Pontifício Instituto Bíblico (1997-2001) e fez o Doutorado em Teologia Bíblica na Pontifícia Universidade Gregoriana (2007-2010).

              Foi ordenado sacerdote em dezembro de 1993, incardinando-se na Diocese de Patos, onde desempenhou inúmeros cargos. Também foi Secretário Nacional da Organização dos Seminários e Institutos Filosófico-Teológicos do Brasil (OSIB), de 2004 a 2007 e Vigário paroquial da paróquia “São Geraldo” em Belo Horizonte (2011-2013). Antes de ser nomeado bispo, era Professor de Sagrada Escritura na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, pároco da paróquia “Senhor Bom Jesus do Horto” em Belo Horizonte e Formador dos seminaristas de Patos