segunda-feira, 2 de novembro de 2015

PRIMEIRO PROFESSORES, AGORA OS GUARDAS MUNICIPAIS SE INDISPÕEM COM PREFEITO



Em contato com o Blog do Carlos Eugênio, o SIDGUARDAS, através do seu Presidente e do Vice-presidente, os Guardas Municipais João Paulo Deodato e Ivaldo Matias, respectivamente, relataram que foi firmado um acordo entre o Sindicato e o Governo Izaías Régis visando à implantação do Plano de Cargos e Carreira da categoria, mas a Prefeitura não cumpriu. “Nós já estamos trabalhando 180 horas. Antes era 120 horas, esse foi o acordo. A não adequação a essa Lei vem gerando prejuízos financeiros a todos os Guardas e como se isso não bastasse, ainda tivemos a diminuição na quantidade de extras e, por mais absurdo que pareça, diminuíram o valor do extra”, registrou Deodato.


“É muito desgastante e humilhante estar correndo atrás de gestores há mais de dois anos cobrando que Eles façam o certo! Só queremos ter os nossos direitos garantidos, pois estamos trabalhando e temos que ser remunerados na forma da Lei. É só isso”, pontuou Ivaldo Matias, em contato com o Blog via WhatsApp, arrematando em seguida: “a Gestão atual não respeita as Leis. Estão aplicando o repouso remunerado e com isso diminuindo o valor da Extra. Segundo o Art.5º, da Lei nº 605/1949 isso é Inconstitucional”, chamou a atenção Matias, que também citou o Estatuto Geral dos Guardas Municipais (Lei nº 13022/2014); Estatuto e Regime Disciplinar da Guarda Municipal de Garanhuns (Lei nº 3926/2013) e o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos da Guarda Municipal de Garanhuns (Lei nº 3927/2013), como Leis que vêm sendo descumpridas pelo Governo de Garanhuns.

fato e foto do blog de Carlos Eugênio