sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

OPORTUNIDADE: CONCURSO PÚBLICO - PERNAMBUCO





Por Júlia Montenegro, do Portal FolhaPE

                     O governo de Pernambuco, por meio das secretarias de Educação e Administração, lançou, nesta quinta-feira (10), o edital para seleção de três mil vagas para contratação de professores que complementarão o quadro de servidores da rede pública estadual de ensino. As vagas são para docência nas áreas de ensino básico, educação especial e educação profissional. O certame será realizado pela Fundação Getúlio Vargas e as inscrições estarão abertas, exclusivamente, pelo site da FGV, no período de 15 de dezembro de 2015 a 11 de janeiro de 2016.

                   As provas da primeira etapa do concurso serão realizadas no dia 28 de fevereiro de 2016. A remuneração inicial é de R$ 1.917,79 e a carga horária é de 200h mensais. As vagas para a educação básica são destinadas aos docentes com formação nas áreas de Matemática, Física, Química, Biologia, Língua Portuguesa e Educação Física. Para a educação especial a disponibilidade é para intérprete e instrutor de Língua Brasileira de Sinais e Braillista.

            Na área de educação profissional, serão contratados professores com formação nas áreas de Ambiente e Saúde, Segurança do Trabalho, Controle e Processos Industriais, Gestão e Negócios, Informação e Comunicação, Infraestrutura, Produção Cultural e Design e Hospitalidade e Lazer.



                 Na educação básica, serão 2.458 vagas. O valor da inscrição é de
R$ 68. A prova objetiva (eliminatória e classificatória) será realizada no dia 28 de fevereiro. Também compõe o processo seletivo avaliação de título, essa última em caráter classificatório. Para os candidatos de Língua Portuguesa, além da prova objetiva, também haverá dissertação. Confira as vagas: Matemática (778); Física (477); Química (387); Biologia (317); Educação Física (80); e Língua Portuguesa (428).

                  Na educação especial, estão sendo oferecidas 342 vagas. Os valores da inscrição são de R$ 68 (para os candidatos de nível superior) e R$ 50 (para os de nível médio). Serão três etapas de seleção: prova objetiva (eliminatória e classificatória), avaliação de títulos (classificatória) e prova prática (eliminatória e classificatória). A primeira etapa será realizada no dia 28 de fevereiro de 2016. Será convocado para a prova prática o dobro do número de vagas oferecidas, respeitando a ordem de classificação e os candidatos empatados. Confira a distribuição de vagas:

 nível superior – professor intérprete de Língua Brasileira (53); 

e professor Braillista (25). 

Nível médio – professor intérprete de Língua Brasileira de Sinais (124);

 professor instrutor de Língua Brasileira de Sinais (88); 

e professor Braillista (51).

                  Por fim, na modalidade de educação profissional são 200 vagas distribuídas em oito eixos (Ambiente e Saúde, Segurança do Trabalho, Controle e Processos Industriais, Gestão de Negócios, Informação e Comunicação; Infraestrutura, Produção Cultural e Design e Hospitalidade e Lazer), os quais contemplam 20 cursos. O valor da inscrição é de R$ 68. No dia 28 de fevereiro é a primeira etapa do processo seletivo, que contará com prova objetiva (eliminatória e classificatória). A etapa seguinte será avaliação de título (caráter classificatório). Este é o primeiro concurso específico para a educação profissional no estado. Confira a distribuição das vagas: 

Ambiente e Saúde (25); 
Segurança do Trabalho (7); 
Controle e Processos Industriais (12);
 Gestão e Negócios (69); 
Informação e Comunicação (73); 
Infraestrutura (5); 
Produção Cultural e Design (7); 
e Hospitalidade e Lazer (2).