segunda-feira, 20 de junho de 2016

VOCÊ ESTÁ CERTO ROBERTO ALMEIDA...

                  

             A revolta e comoção do Agreste e, acredito, de todo o Estado e de quem mais tomou conhecimento, é imensurável. Muitos protestos e alertas foram dados ao governo anteriormente. Segundo Roberto Almeida, o Deputado da base do governo, Alvaro Porto, desde que estava no PTB e na oposição, já  alertava para os riscos da PE-177, na altura da chamada “Ponte da “Morte”, na divisa dos municípios de Angelim e Canhotinho, pedindo providências em relação a falta de segurança do local.

               Entretanto, não houve qualquer resultado, apenas de que que as pessoas continuam morrendo por conta da insensibilidade dos que governam(mal) um Estado tão diversificado como o nosso. 

               Registramos, com muito pesar,  a morte de uma família inteira que voltava de uma linda festa onde sua caçulinha participara de um concurso de beleza. Suas vidas ceifadas na maldita ponte, onde muitos e muitos casos se registraram, mas o descaso continua. 

                 A quem culpar tamanha tragédias e outras mais que ali ocorreram? Segundo Almeida,"Os familiares dos mortos deviam através de advogados processar o Estado e responsabilizar o governador pelas mortes que aconteceram, mostrando que esse é um problema antigo, providências já foram solicitadas, mas Canhotinho e Angelim parecem representar muito pouco no mapa de Pernambuco. Como numa novela de televisão macabra a gente fica a se perguntar: “Quem serão as próximas vítimas?”."

           Gostaria de dizer ao meu nobre amigo Roberto Almeida que ele está equivocado, que a família não deveria processar o estado e que nunca mais haverá mortes naquele local. Infelizmente não é essa a realidade. Infelizmente a vida parece não ser prioridade e vou concordar mais uma vez com o jornalista amigo. Você está certíssimo Roberto Almeida.

 Parabenizamos suas colocações e subscrevemos em baixo