segunda-feira, 18 de julho de 2016

OPOSIÇÃO EM GARANHUNS SEGUE COM QUATRO PRÉ-CANDIDATOS

           

   A oposição politica de Garanhuns vive seu "inferno astral. O PSB, partido do governo do estado, parece não ter um meio termo e vários nomes já correu a boca miúda como Dr. Nivaldo, que desistiu logo no início; Mario Faustino, Edival, Ivo Júnior, Rosa Quidute, Bartolomeu Quidute e Júlio César Sampaio. O PP surgiu com muita propriedade e trouxe à cena o nome de Givaldo Calado, ex vereador, advogado, empresário e estudioso da politica local. Entretanto, pregava uma unidade que... 

   
          O PSDB, liderado por Ivan Júnior apresentou o nome do próprio , como majoritário, como vice e desfilou tentando a formação de um "chapão", mas também não fluiu. O PPS, com o vereador Sivaldo Albino foi, de todos os nomes apresentados , de longe, o mais aceito e, pelo motivo discutido e já envelhecido, (unidade), deixou o espaço para outro colega que até então, são quatro os pré-candidatos definidos e que devem homologar o nome em convenção para efetivamente participar da disputa eleitoral. 

        Os pré candidatos são os seguintes: Joacir Laurindo(REDE), ex-vereador e conhecedor das mazelas politicas; Claudomira Andrade (DEM), advogada e defensora da luta contra a Violência às Mulheres;  Walter Couto(PRP), engenheiro e ex-gerente da CELPE; Paulo Camelo (PCB), engenheiro e ativista comunista que já definiu seu vicê : o jovem Átila. Ao que nos parece, o PCB é o partido mais definido até então. Sua Convenção ocorrerá no sábado, dia 30, a partir das 14h, em local ainda a ser definido e tem em sua
composição pré- candidatos a vereador: 1. Andyra, técnico em serviço de som; 2. Cecílio, pedreiro; 3. Chris, comunicadora e locutora de rádio; 4. Edilson, mototaxista; 5. Tarcísio, líder estudantil; 6. Geraldo, guarda municipal aposentado; 7. Iale, desenhista; 8. Jane Bezerra, estudante; 10. José Lourenço, o Tena, trabalhador autônomo; 11. Rude Barros, cantor e compositor; 12. Ubiraci, pedreiro