quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

MARINHA ENVIA 50 MILITARES E TRÊS EMBARCAÇÕES NA BUSCA DO AVIÃO QUE CAIU. ZAVAZKI ERA PASSAGEIRO

                   

                RIO - A Marinha informou, por meio de nota, que 50 militares e três embarcações, além da equipe do Corpo de Bombeiros do Rio e de barcos pesqueiros, estão envolvidos nas buscas do avião que caiu nesta quinta-feira no mar próximo a Paraty, próximo a Ilha Rasa, na Costa Verde do Rio de Janeiro. O presidente Michel Temer foi informado de que o ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki está na lista dos passageiros.

            A Marinha informou que tomou conhecimento por volta das 13h45 desta quinta-feira da queda da aeronave e que, imediatamente, a Agência da Capitania dos Portos em Paraty (AgParaty) enviou ao local do acidente uma equipe, com o objetivo de prestar apoio na busca aos tripulantes.

            Assessores do Supremo confirmaram que Zavascki está na lista de passageiros. O avião saiu de São Paulo. Não há informação sobre o número de passageiros, ou se houve sobreviventes.

               Em uma publicação no Facebook, o filho do ministro Teori Zavascki, Francisco, confirmou que Teori estava no avião que caiu em Paraty. Francisco Prehn Zavascki pediu para que amigos rezassem por um milagre. A publicação foi apagada pouco depois.


“Amigos, infelizmente, o pai estava no avião que caiu! Por favor, rezem por um milagre!”, disse.