quarta-feira, 29 de março de 2017

A VERDADE SOBRE O ABRIGO SÃO VICENTE DE PAULO!

          Por: Marcelo Torreão




            Instituição de caráter civil com fins filantrópicos, foi fundado em Garanhuns no ano de 1959 e tem como finalidade, abrigar, em caráter permanente, até 74 idosas. (Hoje, por falta de condições, abriga apenas 66)




            O abrigo vive atualmente, um verdadeiro dilema financeiro, existindo a possibilidade real de fechar as portas por falta de apoio social e total ausência do governo municipal.



          Apesar de ser uma sociedade sem fins lucrativos, não existe no município, por incapacidade e empobrecimento legislativo, lei que isente do pagamento dos 8 mil reais do IPTU e o Prefeito Isaías Régis, apesar de ter os poderes legítimos para isentar, não o faz.



            O IPTU não foi pago e acredito que o abrigo tenha perdido alguns convênios.


              A sociedade tem que valorizar e se preocupar com os destinos do abrigo. O prefeito precisa isentar o IPTU 2017 e encaminhar para o Legislativo Municipal um projeto de lei que venha beneficiar, definitivamente, essa instituição, bem como todas as assemelhadas.

            Posso atestar que o Abrigo São Vicente de Paulo é administrado com esmero, mantendo um ambiente limpo, organizado e digno.


            Garanhuns já faz parte da lista de cidades que estão ausentes ou distantes das áreas de auxílios sociais, pois não conta com um Abrigo Municipal e um Banco Municipal de Alimentos, por absoluta falta de iniciativa do gestor municipal e dos vereadores, que vivem voando em outro mundo e cujo trem de pouso, enguiçado, não permite a aterrissagem em nosso solo.


Acorda Garanhuns!!


texto escrito  por Marcelo Torreão