quinta-feira, 15 de junho de 2017

ELIANE SIMÕES E WALKIRIA FERREIRA ASSUMEM SECRETÁRIAS




                O Governo Municipal de Garanhuns, por meio do Gabinete do Prefeito, vem informar que as secretarias de Educação (Seduc) e da Mulher (Secmul) terão novas titulares a partir do mês de julho. Quem assumirá a Educação é a atual secretária da Mulher, Eliane Simões Vilar. A professora Kauely Almeida, que comandou a pasta nos últimos cinco meses, só fica no cargo até o final deste mês. Já a Secretaria da Mulher passará a ser comandada pela psicóloga Walkíria Ferreira – que já atuava na Secmul como coordenadora do Centro de Referência em Atendimento à Mulher (Cram). O processo de transição dos cargos citados iniciará na próxima sexta-feira (16).

Confira, abaixo, os perfis das novas titulares das pastas de Educação e da Mulher:



            Secretária de Educação – Eliane Simões Vilar

               Graduada em Biologia pela Universidade de Pernambuco (UPE) e em Sociologia pela Universidade Católica de Pernambuco (Unicap). Possui especialização em Psicologia Social, também pela Unicap, programação de Ensino de História (UPE) e Extensão em Antropologia Cultural pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Pós-graduada em Marketing e Gestão de Pessoas pela Autarquia Educacional de Ensino Superior de Garanhuns (Aesga). É mestra em Ciências da Educação pela Universidade Internacional de Lisboa; Maestria En Tecnologia Educativa, pela Universidad Tecnologica de Honduras; doutora Honoris Causa pelo Conselho Ibero Americano, que é composto pelas Universidades da América Latina.



Secretária da Mulher – Walkíria Ferreira


           Psicóloga formada pela Universidade de Pernambuco (UPE) com atuação no Enfrentamento à Violência de Gênero. Graduada também em Secretariado Executivo Bilíngue pela Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns (Aesga), pós-graduada em Gestão de Pessoas, com forte atuação na área social, tendo trabalhado em Centro de Referência de Assistência Social e atendimentos psicológicos clínicos. Atualmente, Walkíria desenvolve trabalhos no Enfrentamento à Violência de Gênero. Ela já era servidora da Secmul e desempenhava a função de coordenadora do Centro de Referência de Atendimento à Mulher (Cram).