sexta-feira, 30 de junho de 2017

EM GARANHUNS, HOMEM MATA MULHER, ENTERRA E SE ENTREGA À POLICIA

          

         Um homem se dirigiu espontaneamente até 18ª DESEC (Delegacia Regional) na noite desta quinta-feira, 29 de junho, para confessar um crime brutal. José Fábio de Almeida, 27 anos, afirmou à Polícia Civil que matou uma mulher com golpes de joelho e enterrou o corpo no quintal de sua casa, situada na rua  Batalha do Tuiti, no bairro de Heliópolis, em Garanhuns. Ele ainda revelou que contou com a ajuda do irmão para cometer o homicídio. 



           Na confissão, José Fábio disse que matou a vítima há cerca de um ano e meio, que o nome da mulher era Maria Simone Amorim da Silva, que ela tinha cerca de 30 anos na época da morte e que possivelmente residiu em São Pedro.


             Após ouvir o depoente, a Polícia Civil foi ao local junto com ele e comprovou a veracidade das informações. No quintal da residência de José Fábio foi desenterrado os restos mortais, possivelmente de uma mulher, a julgar pelas vestes e pelos cabelos. 

           Em seu depoimento, José Fábio também afirmou que manteve um relacionamento com a vítima durante seis meses, mas resolveu matá-la após ela o ameaçar com um revólver.  



         Os restos mortais devem ser encaminhados para o IML onde passará por processo de identificação. José Fábio permanece detido na Regional e deve ser encaminhado na manhã desta sexta-feira, 30 de junho para a audiência de custódia.  A Polícia Civil encontra-se em diligências para prender o irmão do acusado, cúmplice do assassinato.

          As informações prestadas pelo suposto homicida sobre a mulher que ele afirma ter matado estão sendo checadas no banco de dados da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco.  O objetivo é comprovar se ele falou a verdade no que se refere a identidade  da vítima.

texto e foto V&C