quinta-feira, 27 de julho de 2017

POLICIAL CIVIL COMETE SUICÍDIO EM SUA PRÓPRIA RESIDÊNCIA.


         O Policial Civil, Danilo Taveira da Silva cometeu suicídio na manhã desta quinta-feira, 27 de julho, ao atirar contra a própria cabeça na residência onde vivia na Rua Brejão, Vila do Quartel, em Garanhuns. 

           Danilo  iria completar 33 anos e era agente lotado na Delegacia Regional. De acordo com informações iniciais, ele teria se trancado no quarto, colocado o cano da pistola abaixo do queixo e disparado. A bala transfixou a cabeça e o agente teve morte instantânea.

            Vários policiais colegas de Danilo estiveram no local. Ele era casado e morava a pouco mais de quatro meses na Vila do Quartel. Muito abalada, a viúva, que estava na casa na hora da tragédia, precisou ser amparada por vizinhos. 

          Danilo era um policial dedicado e se destacou positivamente durante a Força no Foco, realizada em Garanhuns no mês passado.


      Em nota, o Delegado Luiz Bernardo, titular da 18ª DESEC, se pronunciou sobre o caso

            Informo que o Agente de Polícia Danilo Taveira da Silva, matrícula 297.004-0, na data de hoje 27/07/2017, ceifou sua própria vida com um disparo de arma de fogo. O mesmo apresentava sintomas de depressão e foi orientado pela autoridade policial subscritora, que procurasse um especialista e foi chamado para conversar pessoalmente com o Delegado Seccional, que subscreve. Toda equipe da 18ª DESEC lamenta o referido episódio e está consternada com a a perda deste excelente policial, que contribuiu demasiadamente para nossa instituição com excelentes serviços prestados a sociedade. Todos nós estamos de luto e em breve noticiaremos a data e horário do velório deste especial companheiro. 
 LUIZ BERNARDO, Delegado Titular da 18ª Desec