quarta-feira, 18 de junho de 2014

SIVALDO FAZ DOBRADINHA COM TADEU ALENCAR


Está confirmada a dobradinha em Garanhuns entre Sivaldo Albino, candidato a deputado estadual, com Tadeu Alencar, ex-chefe da Casa Civil do governo Eduardo Campos. Mais que a confirmação, há também a indicação de apoio total e irrestrito da Frente Popular a Sivaldo Albino, filiado ao PPS.

As informações de bastidores indicavam para isto desde a reunião no Garanhuns Palace na semana passada, quando se debateu o cenário regional. Empresários e políticos encamparam o nome de Sivaldo Albino, levando em consideração sua atuação no município nos últimos anos, sua defesa do governo socialista e principalmente o quociente eleitoral da "chapinha", que pode eleger o deputado estadual com menos de 25 mil votos, como aconteceu na eleição passada.

A confirmação "oficial" foi feita no programa Falando com o Agreste, ao publicitário/jornalista Marcelo Jorge, pelo candidato a senador da Frente Popular, Fernando Bezerra Coelho (PSB).

Havia a possibilidade da Frente Popular trabalhar com dois nomes no município, sendo o próprio Sivaldo Albino e Ivo Amaral Jr., que está desistindo do processo, e deve anunciar apoio à chapa regional, junto com o grupo do PSB municipal. Com a saída da pré-candidatura de Isaltino Nascimento que deve voltar a disputar o mandato de Deputado Estadual, as coisas caminharam para o acordo entre Sivaldo Albino e Tadeu Alencar.

Segundo FBC, Sivaldo é prioritário dentro do PPS, e passa a ser também para a Frente Popular. A costura para fechar a dobradinha regional foi conduzida diretamente com os majoritários da chapa, ele próprio, Paulo Câmara e Raul Henry, que representa o grupo que se aliou à Frente, e do qual fazia parte Sivaldo Albino. Aliás, Raul vem defendendo o nome de Sivaldo já há algum tempo.

Outras lideranças foram ouvidas ou participaram na construção das candidaturas. A exemplo do presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, o ex-Secretário de Saúde do estado, Antônio Figueira, que tem assumido um papel de articulação regional, e Geraldo Júlio, prefeito do Recife, e coordenador geral da Frente Popular. Além, claro, de Eduardo Campos, que esteve continuamente informado e consultado.

do blog do Ronaldo César