sexta-feira, 29 de maio de 2015

MORRE JOÃO GONÇALVES, AVÔ DO ADVOGADO, COMUNICADOR E BLOGUEIRO, RONALDO CÉSAR

Agora a noite, ao vir dar uma olhadinha nos blogs e face, dei de cara com essa triste notícia:

Quatro gerações: Espedito, João Gonçalves, eu e meu pai, José Maria

"Amigos,

Sinto informar o falecimento do meu avô, João Gonçalves, patriarca da família.

Com 91 anos, era saudável e lúcido.. Na verdade, até poucos meses atrás. Agora, Deus preferiu chamá-lo ao perceber que estava começando a fraquejar.

Foi casado com D. Dorinha, com quem teve nove filhos. Daí, dezenas de netos e bisnetos.

João era filho de José Gonçalves e D. Firma, de Lagoa do Ouro. Berço da família. De lá, espalhamo-nos pela região. Seus irmãos: Tio Arlindo chegou a ser prefeito de Correntes. Tio Chiquinho foi para Bom Conselho. Tia Lala Gonçalves permaneceu em Lagoa do Ouro. Tio Zito Gonçalves é coronel da reserva da Polícia Militar. Tia Laura veio para Garanhuns. De todos, fica agora somente tio Zito.

João Gonçalves era uma figura. Simples, trabalhador, inteligente, e um líder nato. Conhecedor sobre tudo. Alvirrubro e apaixonado por política. Onde tivesse, logo se formava uma roda de conversa para ouvi-lo.

Foi um dos primeiros moradores da Vila do Quartel. Há muitos uns 20 anos mora na Rua Agostinho Branco, a Rua do Sossego.

Suas atividades profissionais mais importantes: Caminhoneiro, feirante e doceiro. 

Gostava de política. E como gostava. No meu entender, sempre esteve do lado certo.

Era do MDB de Cristina Tavares, Marcos Freire e Arraes. Nunca mudou de lado. Em 89 votou em Mário Covas. Depois votou em Lula. Sempre acompanhou o velho Arraes. Era uma época difícil.

Recentemente, em uma reunião do PSB, Dr. Ivan Rodrigues fez uma bela homenagem ao velho João. O plenário cheio do Hotel Palace aplaudiu meu avô. "Era no lombo do caminhão de João que nós realizávamos nossos discursos na reabertura da democracia no país" - Disse Ivan, com a credibilidade de quem estava lá.

Hoje, ao saber de sua morte, Ivan volta a me emocionar: "Tenha muito orgulho do seu avô".

Eu tenho. A família toda tem. 

A dor corta os corações de minha mãe Gelva, e seus irmãos, Nelma, Cléa, Genilza, Genilda, Juciene, Fátima e Espedito. A nona era a caçula, Ana Lúcia, que neste momento deve estar abraçando seu pai no céu.

Meu irmão se chama João Gonçalves de Melo NETO, e hoje, todos nós, e eu meus primos, temos o mesmo nome: Netos de João Gonçalves de Melo.

Valeu vô. Deus te dê o lugar que você merece!"


Está nas mãos de Deus, agora. Valeu todos os ensinamentos que deixou para essa família linda que educou.
Aos familiares, nossos sentimentos.


INFORMAÇÕES SOBRE O VELÓRIO
Funerária Suíssa, Av. Simoa Gomes - Garanhuns
Féretro às 16h deste sábado (30), para o Cemitério São Miguel