domingo, 19 de julho de 2015

ABERTURA DO PALCO INSTRUMENTAL REÚNE GRANDE PÚBLICO NO PARQUE RUBER VAN DER LINDEN

          
IMG-20150718-WA0029IMG-20150718-WA0031

Texto: Thayna Chaves
Edição de texto: Cloves Teodorico
Informações para a imprensa: (Secom/PMG)


              A primeira noite do palco instrumental, no Pau Pombo – Parque Ruber van der Linden –, teve início na tarde desse sábado (18) ao som do quarteto de trompetes regidos pelo músico garanhuense Lulinha. Em seguida, foi a vez do músico João Paulo Albertim, natural de Jaboatão dos Guararapes. O cavaquinista tem formação concebida no Conservatório Pernambucano de Música e se apresentou ao som do chorinho.

           Por último, se apresentaram o músico saxofonista Léo Galdeman e o pianista Eduardo Faria, em um projeto intitulado Música de Fronteira. O show reuniu duas gerações da música instrumental brasileira e levou ao público clássicos da MPB, do choro e composições autorais que marcaram a carreira do artista.

           Galdeman falou sobre a importância de ter um espaço destinado à música instrumental em um evento como o Festival de Inverno de Garanhuns. “Ter um palco dedicado ao que fazemos é uma situação ideal que favorece o artista que pode levar a sua música para o público interessado em um cenário como este, onde os shows são gratuitos e ainda realizados em um lugar tão lindo”, comentou.


      Leo Galdeman é um dos mais influentes músicos brasileiros, arranjador e compositor. Em suas composições, o artista ultrapassa as fronteiras entre o clássico e o popular.