terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

NOTA DO DIRETOR DO HOSPITAL DOM MOURA






 Segue nota do diretor do Dom Moura

            Tivemos acesso a um relato por e-mail de um pai que procurou a emergência do Hospital Dom Moura em busca de pediatra para atendimento de seu filho, que apresentava febre e dores pelo corpo. Em duas oportunidades, não encontrou o médico.

         Mesmo entendendo a situação, infelizmente não podemos fazer o atendimento, contudo, não por culpa de algum profissional, do hospital, da Secretaria de Saúde ou mesmo do Governo do Estado, como atesta em sua missiva.

            Atualmente dispomos de pediatras nas quartas e quintas-feiras, e realmente não tínhamos pediatras no hospital durante o carnaval. A Secretaria de Saúde por diversas vezes abriu seleção simplificada e oferece contrato a qualquer pediatra que desejar prestar seus serviços em nossa unidade de saúde, mas a falta deste profissional é nacional, com maior ênfase no interior do país e em nossa região.

           Contudo, afirmamos que nenhuma criança com risco iminente de morte deixou de ser atendida, e na necessidade, foi regulada, encaminhada para atendimentos em outras unidades de saúde do estado. Foram apenas três casos e nenhum registro de óbito. Com atendimento ágil da nossa equipe.

         Os atendimentos de ambulatório e de baixa complexidade tiveram que retornar para serem atendidas nos Postos de Saúde mais próximos de casa, que têm esta responsabilidade junto à comunidade, deixando as situações mais complexas para nosso Hospital e a Rede de Saúde Estadual. Como o caso que motiva esta nota.

           Renovamos o convite para pediatras que possam fazer parte de nossa equipe, mas pedimos também à população que busque com mais frequência a Rede Municipal de Saúde, nos casos ambulatoriais.

            Estamos à disposição para outros esclarecimentos, pois acompanhamos diretamente os serviços neste carnaval, com a equipe da direção estando dentro do hospital.

Luíz Ribamar Melo
Gestor - HRDM