sábado, 18 de junho de 2016

PSD DE CALÇADO DIZ QUE NOGUEIRA RESPONDE A 39 PROCESSOS NA JUSTIÇA POR FRAUDE E SONEGAÇÃO




                O jornalista Roberto Almeida recebeu, através de e-mail ,uma nota do PSD de Calçado, comentando a resposta do prefeito José Elias (PP) às críticas formuladas pela oposição a Expedito Nogueira, apontado como pré candidato à prefeitura do município. Os representantes do Partido Democrático Social bateram duro no adversário, acusando o empresário garanhuense de responder a 39 processos na Justiça, "por sonegação de impostos, adulteração de combustíveis e fraude em licitação".

Confiram o texto completo dos oposicionistas de Calçado:

O DESRESPEITO VEM DE DENTRO 
NA TENTATIVA DE EMPURRAR ALGUÉM DE FORA...

          "Numa tentativa mais uma vez frustrada e que já demonstra ares de desespero, o grupo de situação, hoje liderado pelo forasteiro Nogueira, usa da imagem positiva do governo do prefeito Zé Elias para tentar justificar criticas, exclusivamente direcionadas para o garanhunense e seu modus operandi de fazer uma política irresponsável, perseguidora e excludente.

             O grupo que faz oposição em Calçado sempre respeitou e continuará respeitando a figura do conterrâneo prefeito, tanto que em nenhum momento direciona criticas ao gestor que comete, talvez sua primeira grande falha em seus oito anos de governo ao tentar empurrar Calçado a dentro um candidato com níveis de reprovação elevado, sem nenhuma identidade com o município e de caráter duvidoso. Talvez o defeito mais relevante do atual prefeito seja o fato de não confiar em ninguém de Calçado que não seja de sua família.

               Afora isso, torcemos pela recuperação plena dele e até pedimos aos próprios aliados, mais respeito ao momento vivido por Zé Elias. Não é nada inteligente, tampouco humano tentar usar do problema de saúde do prefeito para esconder a gritante insatisfação da população com a nomeação do já desgastado forasteiro que tenta se apegar nos bons índices de aprovação do prefeito para omitir os mais de 78% de rejeição a seu nome.

           Fica confuso entender que uma nota assinada pelo prefeito Zé Elias, esteja escrita em terceira pessoa... “(sic) à enfermidade que o atual gestor passou...” 

Não seria que eu passei?!

             “Em nenhum momento existiu qualquer divergência entre o vice-prefeito “Bino” e o atual gestor” Não seria entre Bino e eu?! Senhores aliados, respeitem o momento vivido pelo prefeito. Se era para responder a matéria do conceituado blog do Roberto Almeida que a tivesse feito com honradez sem tentar causar uma comoção desrespeitosa a ponto de querer defender o forasteiro citando a doença do prefeito que sequer foi citada na matéria do jornalista por mais de uma única vez.

             Decepciona os calçadenses a resposta que caminha para o sensacionalismo, mas não esclarece a nossa população nenhuma das acusações levantadas na matéria do blog. Calcado após uma semana esperando por essa resposta mais uma vez se frustra. Por que Nogueira atende no gabinete do prefeito? Por que o carro da assistência fica a disposição de uma funcionaria de Garanhuns que faz dele uso particular? Por que nenhuma dos outros questionamentos não foram esclarecidos? Por que?

                  Causa estranhamento também que a nota enviada em nome do prefeito Zé Elias em defesa do governo municipal dedique apenas um paragrafo para defender a gestão e, todos, os demais para tentar ‘vender’ a imagem de bom moço do rejeitado forasteiro, citado no texto como “um batalhador árduo, empresário do ramo de combustíveis há mais de 25 anos estabelecido na região, e que jamais pediu qualquer retribuição aos dias dedicados a ajudar Zé Elias nos atos administrativos, sem nunca como aliás reconhece a nota exercer um cargo público...(sic) interesse esse que é ausente do Sr. Nogueira, por não ser mesquinho e pequeno a este ponto.”

             Chamar este senhor que responde a 39 PROCESSOS NA JUSTIÇA, SENDO TRÊS POR ADULTERAÇÃO DE COMBUSTÍVEL; 10 POR SONEGAÇÃO DE IMPOSTOS E UMA AÇÃO PENAL POR FRAUDE EM LICITAÇÃO E DESVIO DE DINHEIRO PÚBLICO de “batalhador árduo” é um desrespeito ao cidadão calçadense que acorda cedo diariamente para lutar por dias melhores para nossa cidade. Querer passar a ideia de que ele, o forasteiro, não possui “interesses”, com certeza obscuros em Calçado, é no mínimo uma maneira desinteligente de tentar apagar da memória do calçadense um áudio protagonizado pelo forasteiro, onde o mesmo fatia nosso suado dinheiro público como quem reparte um bolo de aniversário.

               Talvez seja essas ajudas nos atos administrativos, por parte do forasteiro, citados na nota ao blog, que tenham feito com que o município de Calçado esteja INADIPLENTE e IMPOSSIBILITADO de firmar convênios com os Governos Estadual e Federal.

       Senhor forasteiro com toda sua ‘influência’ e ‘importância’ ajude a amenizar o sofrimento do calçadense que acreditou na sua promessa de trazer para a cidade a tão sonhada água e até hoje paga contas caras sem ter em sua torneira sequer uma gota do liquido por você prometido."

http://robertoalmeidacsc.blogspot.com.br/