domingo, 19 de janeiro de 2014

RECORDAÇÕES DA LINHA DO TEMPO Por Nealdo Zaidan



Essa Foto foi “batida” em 1951, com uma “máquina” Kodak, tipo caixão e revelada no Foto Veneza. Nela, Tomé Simão Zaidan e Emília Curi Zaidan, meus avós paternos, que iniciaram a clã em Garanhuns/PE. Ele Sírio e ela Libanesa, chegaram ao Brasil, primeiro no Maranhão e depois vieram para Pernambuco, mais propriamente para Garanhuns onde fixaram residência. Residindo na Av. Santo Antonio nº 190 e com estabelecimento comercial no nº 324 Casa Zaidan - O Mar das Meias -.
 Meus tios mais velhos e meu pai vieram do Maranhão, os demais nasceram em Garanhuns. Assim, Tivemos: a tia Lourisse, casada com o tio Aloísio, que era proprietário de imóveis em Recife; não tiveram filhos. 
Alfredo, meu pai, casado com minha mãe Dulcinéa que era de Caruaru e tiveram 03 filhos, Nealdo, Nedivaldo e Nélio. Tio Almir, casado com a tia Maria, de Garanhuns, creio que do distrito de Santa Rosa e que tiveram, 11 filhos, alguns conheci: Dinelza, Divanize, Yeda, Tomé Neto e Almir Filho, alguns conheço por nome ou face: Emicilia, Márcia, Silvana. 
Tem ainda o Marcos, Paulo e José Carlos. Tio Almir, foi comerciante em Garanhuns, com a loja chamada a Invencível.
 O Tio Michel, casado coma tia Elizabete, que é de Lagoa do Ouro e teve os filhos: Alda, Vera, Betinha, Roosevelt e Michel filho. Tio Michel foi comerciante com a loja A Vantajosa.
 Tia Ijany que é casada com o tio Sinval, que na época servia ao exército e depois adquiriu a loja que foi do “vô” Zaidan. Tiveram os filhos: Cristine, Cinara, Cléa, Cinira, Sinval Filho e Roberto.
 Tio Felício, que faleceu em acidente de avião. Tio Simão que faleceu em casa, Tia Mary, que foi casada com o tio Nilson, que trabalhava em armazéns de café. Não teve filhos. 
Tio Oswaldo, que se formou em advocacia e casou com a tia Auxiliadora e de filhos só sei de Oswaldo Filho.
 Tio Carlos, casado com a tia Zilda, que na época trabalhava em uma farmácia. Tiveram os filhos: Zildinha, Zilma, Zilca e Carlos Filho. Tio Carlos também foi comerciante em Garanhuns, com a loja A Graciosa.

 (OBSERVAÇÃO: O nome dos filhos dos tios, (primos), caso falte algum, é pelo tempo que não nos vemos e fiquei sem contato.) Desculpem, se houve falhas, mas, tudo estava na memória e com 7.5, a memória falha...