sábado, 6 de setembro de 2014

PREFEITO IZAÍAS ASSINA PACTOS DE COMBATE À VIOLÊNCIA E PROTEÇÃO AO IDOSO


DSC05889
Foram assinados na manhã desta sexta-feira (05), no gabinete do Palácio Celso Galvão, pelo prefeito de Garanhuns, Izaías Régis, o Pacto dos Municípios pela Segurança Pública e a criação do Núcleo de Enfrentamento à Violência do Idoso de Garanhuns (Neviga). Na ocasião, estiveram presentes, o procurador geral de justiça de Pernambuco, Agnaldo Fenellon, o promotor criminal Francisco Dirceu de Barros, o promotor da 2ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania de Garanhuns, Domingos Sávio, promotoras Francisca Maura e Yèlena Monteiro, secretários municipais e outros servidores.
A iniciativa em assinar o Pacto dos Municípios pela Segurança Pública traz a Garanhuns um aperfeiçoamento na atuação da prevenção à violência, criando um comprometimento para que o município atue em parceria entre os órgãos oficiais de segurança e a sociedade. O pacto incentiva gestores municipais a construírem políticas de segurança por meio de ações preventivas e metas definidas, incluindo ações em bares, restaurantes, iluminação pública, sistema de monitoramento por câmeras, estruturação de conselhos, adesão à programas sociais, entre outros.  Os municípios que conseguirem atingir o maior número de metas e, como consequência, a diminuição da violência, receberão certificados fornecidos pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE).
Na ocasião, também foi oficializada a criação do Núcleo de Enfrentamento à Violência do Idoso de Garanhuns (Neviga), que será um suporte no cuidado ao idoso, no município. A instituição funcionará de maneira integrada entre as secretarias de Saúde, Mulher, Assistência Social e Conselho do Idoso, tendo à frente a Secretaria de Saúde. A equipe será formada por quatro pessoas, que atenderão de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, na rua Ernesto Dourado, nº 890, no bairro Heliópolis.
O procurador geral de justiça de Pernambuco, Agnaldo Fenellon, falou da importância da assinatura do pacto e da criação do Núcleo de enfrentamento à Violência do Idoso de Garanhuns. “Essas iniciativas promovem ao município um despertar para segurança pública, que se comprometerá em firmar convênios, criar leis, entre outras ações, utilizando-se das ferramentas e instrumentos legais disponíveis, com o objetivo de atingir as metas fixadas”, comentou.