domingo, 12 de outubro de 2014

COMEÇA O FESTIVAL INTERNACIONAL DE LITERATURA INFANTIL (FILIG) EM GARANHUNS


A flauta das crianças da AABB e a poesia com música do Coletivo Tear encantaram o público que foi ao Parque Ruber van der Linden, o Pau Pombo, na noite dessa quinta-feira (9), na abertura do Festival Internacional de Literatura Infantil, o Filig. O festival é o primeiro do gênero realizado no Nordeste, realizado com expectativa de realizar ainda outras edições.

Quem abriu a programação foram as crianças do grupo de flautas, todos de comunidades carentes de Garanhuns, que, através da música, encontram uma vocação. Os pequenos músicos apresentaram versões dos ilustres Dominguinhos e Luiz Gonzaga, além de cantores como Roberto Carlos.

Na solenidade, o curador do festival, Antonio Nunes, o Tonton, lembrou que o Filig é um trabalho que começou a ser elaborado há mais de um ano e meio, com muito cuidado. “Espero que seja imensamente prazeroso para vocês, como foi para a gente montar este evento”, disse o escritor, que aproveitou para homenagear a Associação de Escritores e Ilustradores de Literatura Infantil e Juvenil (AEILIJ), que completa 15 anos e tem uma exposição no festival.

O prefeito de Garanhuns, Izaías Regis, comemorou a realização do evento e afirmou que esta é uma oportunidade de apresentar visão de futuro aos jovens da cidade. O município no Agreste pernambucano foi escolhido para receber o Filig por estar investindo na formação de novos leitores, com bibliotecas e a realização de bienais.

Quem se apresentou por último foi o Coletivo Tear, encantando a plateia do Parque Ruber van der Linden levando ao palco o “Livro em Cena”, em performance literária. Stephany Metódio e Alexandre Revoredo apresentaram, com música e poesia, textos de autores locais e nacionais.

Da redação Sináculo
Fonte: Secom-PMG
Texto: Mariana Dantas
Imagem: Luany Porto