sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

POLICIA VAI AO PROJAC OUVIR BBB QUE DISSE TER MATADO JOVEM....



CAROLINA FARAH


               


Atualmente, Luan Patrício é gerente de um salão de beleza

    Representantes Delegacia de Homicídios do Rio de Janeiro irão ao Projac, nos próximos dias, para ouvir o participante Luan Patrício, que disse ter matado um jovem com um tiro na cabeça durante a ocupação do Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, em 2010, quando era soldado do Exército.

                  Segundo o Blog Radar on-line, de Lauro Jardim, o Exército nega que tenha havido qualquer morte em confronto com a unidade. Porém, o delegado Rivaldo Barbosa informou que  quer ouvir os detalhes da história que Luan contou apenas superficialmente diante das câmeras para o país inteiro ouvir.

                  O que o brother contou - O jovem estaria armado. "Eu fiquei na linha de tiro embaixo, de rifle, dando cobertura para quem estava subindo. Acho que ele era mais novo do que eu. Estava com 19, ele devia estar com 16. Na hora eu tremi, o sargento olhou para mim e disse: Era você ou ele'", contou o ex-militar, que ainda imitou sons de tiros enquanto contava a história.

                 A mãe do jovem foi procurada por jornais cariocas e defendeu o filho. "Eu não sabia. Levei um susto, fiquei surpresa e pensando no risco que ele correu. Mas ou ele matava ou morria. Era a obrigação dele como militar. Meu filho não fez nada ilegal", afirmou. 


http://www.otempo.com.br/divers%C3%A3o/pol%C3%ADcia-vai-ao-projac-ouvir-bbb-que-disse-ter-matado-jovem-1.977793