sábado, 2 de maio de 2015

EM GARANHUNS PROFESSORES DA REDE MUNICIPAL AMEAÇAM GREVE

              

              Aproximadamente 400 professores da rede municipal de Garanhuns, realizou ato de protesto em favor do aumento   em 13,01% que segue orientação legal do Governo Federal. Os manifestantes percorreram ruas e avenidas da cidade com bandeiras, faixas, apitos, cartazes e carro de som utilizando palavras de ordem e pedindo aumento  linear, o que não foi ofertada aos professores pelo governo  municipal. O desfecho do protesto aconteceu em frente ao Palácio Celso Galvão, sede do governo.
        
                Segundo a Categoria, o Governo Municipal concedeu aumentos menores do que o estabelecido em Lei, tendo alguns  professores recebido apenas 0,89%. Outros teriam recebido 3,50%, 6,80%  e  9,75%. Também em  pauta , mudança na concessão do Abono educador; eleição para gestores das Escolas Municipais; estatuto do servidor; insalubridade dos serviços gerais da Educação; segurança nas escolas e melhores condições de trabalho, a categoria fez coro em frente ao Palácio Celso Galvão de que, se não ouvidas as reivindicações, uma greve poderá ser deflagrada durante a  próxima semana.

                 Com informações do SINSEMUG (Sindicato dos Funcionários e Servidores públicos municipais de Garanhuns e região), soubemos que a categoria solicitou formalmente uma audiência pública com o prefeito Izaías Régis no final da manhã desta quinta-feira (30), entretanto não  houve  sequer, atendimento. e “Em razão do não atendimento, marcamos para a próxima quinta-feira, dia 7, uma Assembleia para decidirmos sobre uma provável greve, pois estão tirando praticamente todos os nossos direitos”, disse Lincoln Cardoso, educador do município.



A prefeitura de Garanhuns não se manifestou sobre o caso. Aliás, ato comum a atual administração.