domingo, 2 de agosto de 2015

TERAPIA REGRESSIVA FOI TEMA DE ENCONTRO NESTE SÁBADO NO SESC





 Neste sábado (01), um seletivo grupo de terapeutaspsicólogos, Assistente Sociais e estudiosos, compareceram ao Teatro de SESC-


              Garanhuns, a convite dos Psicanalistas Gilberto Nunes e Ana Souto, para participar de uma impressionante palestra sobre Terapia Regressiva, ministrada pelo mestre Dr. Idalino Almeida que cumpre agenda no Estado de Pernambuco.



           A palestra foi condecorada por uma intensa atividade entre palestrante e convidados que buscavam respostas às “doenças da alma”, como são conhecidas as intervenções psicanalistas.

           
          
     “A Terapia Regressiva é um processo terapêutico que trabalha diretamente com as lembranças e suas respectivas cargas emocionais, que foram dolorosas e angustiantes. O “tempo” inexiste, porque para a mente, o presente, o passado ou o futuro são um eterno aqui e agora, com seus conflitos, desajustes e doenças inexplicáveis pela lógica do hemisfério esquerdo/racional. Esse é o ponto de vista do profissional Dr. Idalino Almeida, com respaldo em seus muitos anos de experiência como Terapeuta Regressivo, que, utilizando-se de técnicas diversas, tem ajudado na cura de pacientes com traumas localizados em um “tempo” que se perde na consciência atemporal.”


       Muitas pessoas acreditam na regressão como uma volta ao passado, originando-se aí uma série de medos e inseguranças de que essa seja uma viagem no tempo e com provável não retorno.

 
              “Comungando com o autor de “A Cura Através da Terapia de Vidas Passadas”, o psiquiatra americano Brian Weiss, M.D., Idalino defende que, como terapeuta ou paciente, “você não precisa acreditar na reencarnação para que a terapia de regressão funcione. A eficácia do método, por si só, é reveladora disso”. Acreditando ou não, a Terapia Regressiva funciona com resultados excelentes, proporcionando um positivo efeito terapêutico.



               No sentido de ilustrar como se passa o processo, o Psicanalista e Terapeuta Idalino Almeida faz uma analogia com um filme que você pode ter gravado durante um evento em sua infância ou adolescência, representando mais de uma década atrás. O que, em geral, acontece quando você revisita aquela fita? Você relembra e sente todas as emoções da época, como se realmente estivesse acontecendo, não é? A questão é: você voltou ao passado ou trouxe a lembrança do passado à sua consciência?

              
        Outro paralelo salutar, de acordo com Idalino, “é você folhear o seu diário feito quando tinha uns 12 anos de idade. Como seria o sentimento da experiência em seu aqui e agora?”, questiona, salientando que, “certamente, você sorriria de alguns dos problemas e temores que lhe pareciam hiperconflitantes para a época, não é por aí?”.

          Entretanto, bobagens, coisas de criança ou coisa que o valha, não os impediram de constituir em fatos reais, em “problemas” para a sua vida, muitas vezes com efeitos traumáticos nesse momento que você ri daquela mesma situação. Refletindo a complexidade e aparente dubiedade dos contextos, Idalino mostra que inexiste contradição. “Reviver situações como essas coloca-nos em perspectiva e em condições de enxergar o mesmo problema com novos olhos”. Para tal, sinaliza o Psicoterapeuta, “é necessário trazer o conteúdo emocional vivenciado na época para o presente e, nesse momento, cabe ao terapeuta estimular a descarga emocional (catarse). Aprofundando, Idalino afirma que esse procedimento sobre os seus conflitos conduz a pessoa a uma compreensão mais profunda de si própria e dos efeitos traumáticos de sua vida. A cura vem com o chamado insight, como o despertar de um sono para a realidade concreta.”



             A Terapia Regressiva é muito eficaz no tratamento de dores músculo-esqueletal, das dores de cabeça resistentes à medicação, de alergias, asma e dos problemas causados pelo estresse ou relacionados ao sistema imunológico, como gastrite, úlcera etc.

            Com relação às comprovações das pesquisas médicas, vale dizer que essas ainda estão despertando a letargia do ortodoxismo radical. Mas como defende o Psicanalista Idalino, “a Terapia Regressiva é um poderoso recurso ao lado das terapias holísticas, que tem, por objetivo, não só aliviar um sintoma ou um problema, mas curar a totalidade do ser, em seus níveis físico/emocional/mental”.


           O momento foi curto para tantos  conhecimentos.Ao final, o convite para participarmos do 5° Congresso Nacional de Terapia Regressiva – 2015 "Terapia Regressiva na Saúde Física, Mental e Emocional" De 30/10 a 2/11/15 - Salvador – Bahia -  Para maiores informações, acesse www.abtrbrasil.org/congresso