quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

SESC COBRA ANTECIPADAMENTE OS SERVIÇOS QUE IRÁ DISPONIBILIZAR AO PÚBLICO EM 2016

                     


                Uma queixa enviada à nossa redação através de um leitor que preferimos não identificar, trouxe-nos a informação de que o Sesc – Serviço Social do Comércio - Garanhuns estaria realizando cobrança “indevida/abusiva” sobre os serviços que são oferecidos pela referida unidade. Segundo o queixoso, levou um tremendo susto quando, na tentativa de renovar sua matrícula para o ano de 2016 em uma das atividades oferecidas pela entidade, foi informado de que a partir de então o pagamento referente aos 12 meses vindouros deveria ser realizado adiantado, a vista ou dividido em três parcelas através de cartão de crédito.

                             O usuário, mesmo assustado com a novidade, após anos fazendo uso do serviço e pagá-lo mensalmente,   contestou o posicionamento da entidade buscando ainda saber que argumento legal estaria amparando a cobrança, devido os  serviços serem realizados no período de um ano  e sempre o pagara  mensalmente. O cidadão esclareceu que iria em busca amparo legal no Ministério Público de Pernambuco porque se sentira, além de lesado, constrangido. A pessoa responsável pelo atendimento alegou que a cobrança era respaldada em uma orientação interna e que o Sesc, por ser uma empresa privada, poderia estabelecer cobrança daquela forma.

               Indignado com a resposta o cidadão pretende entrar com ação contra o Sesc, instituição que foi contemplada com uma área muito nobre no centro da cidade vindo a fortalecer o trabalho de alto padrão que realiza com maestria e colaboração com a educação, cultura, esportes e lazer da região.


                    O Blogueiro  Gidi Santos manteve contato com a gerência da unidade Sesc Garanhuns para que a mesma pudesse dar sua versão sobre o fato e foi informado de que não haverá nenhum pronunciamento por parte da unidade, pelo menos no momento.

foto: sindecgus