quinta-feira, 4 de junho de 2015

"CONHECI IZAÍAS RÉGIS COMO DEPUTADO CONHECIDO COMO ZAZÁ TRAMBIQUEIRO", DIZ ETTORE LABANCA


O atual prefeito de Garanhuns, Izaías Régis Neto foi alvo de uma frase de significativo efeito esta semana. O protagonista da pérola foi o também prefeito, esse da cidade de São Lourenço da Mata, Ettore Labanca (PSB). Ettore que exerce pela quarta vez mandato de prefeito daquele município é personagem polêmico da política pernambucana, e assim não perdeu a chance de disparar sua “metralhadora” contra Izaías.

ENTENDA O QUE ACONTECEU: Armando Monteiro, Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio do Exterior, veio a Pernambuco. Entrevistado criticou com veemência o governador Paulo Câmara, que, segundo ele, não o procurou em Brasília. "Não chegou nenhum pedido". Armando criticou também a articulação política do governo do estado e os resultados do Pacto pela Vida.

Após a fala do ministro, surge então Ettore Labanca, que polemizando o caso disparou: “O ministro Armando é rancoroso, arrogante, prepotente e presunçoso. Quem tem que se oferecer para ajudar o Estado é ele, procurando o governador e não o governador a ele. Ele não ligou sequer para parabenizar o governador pela vitória de outubro”.



Izaías, fiel escudeiro de Armando entrou na briga e como de costume, partiu pro ataque dizendo: “todo mundo sabe que, quando o PSB estava em baixa na política pernambucana, o prefeito de São Lourenço da Mata, Ettore Labanca, estava do outro lado. Desde que o PSB voltou ao poder em 2007, Ettore, de forma oportunista, um verdadeiro parasita do poder, tem se prestado a desqualificar o debate político. O ministro Armando Monteiro é um homem que tem dimensão nacional e é respeitado no Brasil inteiro. Ettore imagina que agindo dessa forma vai sensibilizar os seus aliados para tentar vencer a eleição em 2016. Vai perder feio, até porque o povo de São Lourenço, com certeza, desaprova esse tipo de comportamento menor”.

Em resposta Ettore disparou: “Conheci Izaías Régis como deputado conhecido como Zazá Trambiqueiro. Montou uma clínica em Garanhuns mal-assombrada que ninguém sabe quem é o dono, se é ele, o Sesi ou o Senai. Vai perder a reeleição em Garanhuns porque faz uma administração desastrosa e transformou o município num verdadeiro caos".


FALA GIDI SANTOS:

Particularmente, não vejo com bons olhos essa agressão de Labanca ao líder-mor de nossa cidade, Izaías Régis. O campo do debate político é imenso, não sobrando espaço, penso eu, para falácias pejorativas. Izaías, alguns gostando ou não é prefeito de todos os Garanhuenses, inclusive os que não são natural daqui, e para tanto merece no mínimo, respeito.

Tratá-lo por “trambiqueiro”, é como diz o próprio Izaías, baixar o nível do debate político. Os palanques somente serão montados em 2016 e esperamos que até lá os “Labanca” da vida não sejam tão infelizes quanto foi o de São Lourenço da Mata, pois tanto em Garanhuns quanto em São Lourenço o povo não admite ofensa e desrespeito.

Acusar pessoas sem embasamento ou mesmo pelo ímpeto em nada remete a nobreza. A ofensa oferecida a Régis permeia o campo familiar, agredindo assim a figura do homem, do filho, do pai Izaías Régis, coisa que não comungamos e repudiamos.