quinta-feira, 8 de novembro de 2018

SUSPEITOS DE ENVOLVIMENTO NO ASSALTO DO BRADESCO DAS ÁGUAS BELAS SÃO MORTOS EM ALAGOAS (CENAS MUITO FORTES)..




Pelo menos 11 suspeitos de envolvimento em assaltos a banco sedo o último em Águas Belas, no Agreste de Pernambuco, morreram, na tarde desta quinta-feira (8), durante confronto com policiais civis, entre as cidades de Santana do Ipanema e Dois Riachos, no Estado de Alagoas.

Equipes da Seção de Roubo a Bancos (Serb) e Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), ambas da Polícia Civil, monitoravam os suspeitos, quando chegaram na residência onde eles estavam e, segundo os policiais, foram recebidas com disparos de arma de fogo.

Os policiais civis revidaram a ação, travando um tiroteio que terminou com a maioria dos suspeitos morta. Outros conseguiram escapar do cerco da polícia. Nenhum policial teria se ferido.

Na casa onde os suspeitos estavam foram apreendidas espingardas calibre 12, pistolas, cujos calibres não foram divulgados, munições e explosivos, que seriam utilizados em assaltos a banco. Um carro também foi apreendido.

Com informações do Agreste Violento, bem como as fotos.

OCORRIDO




A agência do Bradesco da cidade de Águas Belas, no Agreste, foi alvo nesta madrugada de quinta-feira (8) de um assalto com explosivo. A agência foi arrombada com a ajuda de dinamite. Os suspeitos chegaram ao município em três veículos. Antes de explodir a agência, eles roubaram um carro e fizeram os ocupantes de reféns. O prédio do Bradesco ficou bastante danificado. 


De acordo com a Polícia Militar, quando os pms chegaram ao local, os bandidos dispararam vários tiros. Segundo a PM, os assaltantes colocaram grampos na saída da cidade para dificultar uma ação por parte dos policiais. Os criminosos conseguiram fugir pegando a BR-423. O Bradesco não divulgou o valor roubado pelo grupo. A Polícia Civil já está no local e solicitou perícia ao Instituto de Criminalística, que deve ser realizada ainda nesta manhã de quinta-feira. 


Segundo o Mapa da Violência, divulgado pelo Sindicato dos Bancários de Pernambuco, este ano, já foram registrados 169 investidas contra bancos no estado. Deste total, 62 foram explosões, 42 arrombamentos, 36 assaltos, 23 crimes de estelionato, 4 sequestros e duas invasões à agências.