segunda-feira, 26 de junho de 2017

PARQUE AZA BRANCA CONSTRUÍDO POR GONZAGÃO CORRE RISCO DE FECHAR



            Exu - Proprietário do maior acervo da vida e da obra de Luiz Gonzaga, o Parque Aza Branca, localizado no município de Exu, no Sertão pernambucano, enfrenta situação de penúria para manter acesa a memória do músico. Com dificuldades para arcar com as despesas e sem manutenção, o espaço, construído pelo próprio Gonzaga na terra natal, corre o risco de fechar as portas neste ano. O alerta é feito pelo presidente da ONG Parque Aza Branca, que desde 2000 administra o equipamento cultural, Junior Parente.

              As únicas fontes de renda do museu, atualmente, são a venda de ingressos (R$ 8 e R$ 4) e a comercialização de lembrancinhas aos visitantes. "Durante um período, esse dinheiro era suficiente, ele chegou a dar e sobrar. O problema é que há mais de um ano a gente tem um déficit mensal no caixa", explica Junior. A organização conta com dez funcionários no quadro, entre guias, faxineiros e seguranças, e tem um gasto mensal de cerca de R$ 20 mil. Mas arrecada em torno de R$ 17 mil nos meses de maior movimento - junho, julho, dezembro e janeiro. No dia em que a reportagem esteve no museu, um sábado de maio, apenas um casal visitava a casa que pertenceu ao ícone sertanejo.

         A salvação para os últimos meses é uma reserva financeira criada nos tempos de bonança. "Na época de celebração do centenário de Luiz Gonzaga, em 2012, nós recebemos um grande fluxo de visitantes e conseguimos realizar uma poupança. É com este montante que temos coberto os gastos", explica Parente. Ele afirma que precisará fechar parcialmente. Neste ano, o bilhete de acesso ao museu dobrou de valor para tentar equilibrar o caixa.

           Uma das principais preocupações do presidente da ONG é a manutenção da estrutura física do parque, que conta com 3,7 hectares e abriga, além do museu dedicado à obra de Gonzaga, a casa que o músico construiu e morou em seus últimos anos e o mausoléu onde estão depositados os restos mortais. "A gente vem passando por um período de quase quatro anos de seca, o que é muito ruim para o nosso povo. Mas, por outro lado, se estivesse chovendo, é provável que o muro já tivesse caído e as pinturas se deteriorado", diz Junior, recordando, que na última chuva, o mausoléu chegou a ficar alagado por goteiras no telhado.

"Nós fizemos um orçamento para a realização da pintura do espaço e de algumas reformas estruturais nos telhados e deu mais de R$ 30 mil, nós não temos como pagar por isso", afirma. "É obrigação do estado auxiliar na preservação do museu. Há, por parte deles, a alegação de que se trata de uma propriedade particular, mas é um local que tem uma grande função social e todo o simbolismo por ser a casa de Gonzaga", continua.

            Outro temor recorrente é em relação à preservação dos objetos que constituem o espaço expositivo do museu. "Na época da celebração do centenário, agentes do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) estiveram aqui e fizeram algumas limpezas. Também deram orientações básicas para os funcionários. A gente tenta, do nosso jeito leigo, cuidar da melhor maneira possível das peças", diz.

          A galeria é composta por fotografias da família, prêmios recebidos por Gonzaga, manuscritos, cartazes publicitários estrelados pelo músico e instrumentos, entre outros objetos raros do artista. Na seção de instrumentos, o público pode conferir três acordeons e uma sanfona de oito baixos empunhados por ele, assim como a sanfoninha de Januário e a corneta utilizada por Luiz quando ingressou no exército. Apesar de as peças serem zeladas, Junior Parente acredita que falta o acompanhamento de um profissional especializado para fazer restaurações e cuidar da manutenção periódica. "O ideal é que essa visita ocorresse, ao menos, uma vez por ano", aponta.

          Em 2009, o Parque Aza Branca foi tombado como Patrimônio Histórico e Cultural de Pernambuco pela Fundarpe. A última reforma geral ocorreu no final de 2013, custeada pelo governo estadual. Porém, segundo o gestor do parque, a empresa responsável pelo trabalho realizou uma obra de qualidade ruim. Procurada pela reportagem, a Fundarpe alegou que não haveria tempo hábil para se manifestar.


   
         Sentado sob um juazeiro, com camisa de botões parcialmente aberta e um boné na cabeça, Seu Praxedes se orgulha do patrimônio que guarda. Aos 85 anos e dono uma serenidade de quem acompanhou de perto a história do Rei do Baião, ele recebe os visitantes do Aza Branca com simpatia. Em um dedo de prosa, se apresenta orgulhoso: "Sou vaqueiro de Seu Luiz Gonzaga".

          Duas décadas mais novo que Seu Lua, ele tem prazer em lembrar que nasceu no mesmo povoado que o Rei do Baião. "Quando nasci, ele já estava no mundo. Ele nasceu no Araripe, eu também", ostenta. Praxedes começou como vaqueiro a pedido de Luiz, em 1968, na Vila da Fazenda Araripe, zona rural do município. "Quando começou a construir aqui, em 1976, para preparar o retorno, me chamou para morar. Eu trabalhava, e ele mandava o dinheiro todo mês, lá do Rio de Janeiro", diz. Ele chegou a cuidar de mais 300 cabeças de gado.

          A principal lembrança que guarda do ex-patrão é a gentileza para com o povo de Exu, sobretudo os menos afortunados. "Ele foi pobre, trabalhou até os 18 anos no roçado com o pai dele. Às vezes, ia fazer show e recebia o pagamento em alimento. Aí chegava aqui com as 'carradas' de arroz, açúcar, bolacha, macarrão, tudo. A gente fazia cestas básicas, enchia caminhão e saía distribuindo nos sítios", recorda. Mas lembra também que o rei era muito sério, com formação militar, não gostava de ser contrariado e ganhou apelido de "coronel". "Tinha dia que estava ranzinza e não tinha quem passasse no seu caminho, mas era só sentar pra tocar que tudo melhorava", ri Praxedes.

           Outra recordação são as festas organizadas pelo músico na residência. "Ele passava um ou dois meses fora, tocando, e quando voltava fazia questão de receber os amigos músicos para celebrar". O agrado pelas celebrações à base do forró fica evidente no terreno da casa: são três palcos, duas pousadas e uma cozinha construída à parte, com o título carinhoso de "cozinha da mundiça" em letreiro de madeira para saudar os amigos. “Trabalhei com ele até seus últimos dias. E vou ficar aqui até o fim, para as pessoas saberem como ele foi bom".



CURIOSADADES

Loja - Os visitantes acham lembretes de R$ 5, como um chaveiro com a imagem de Luiz, a R$ 120, réplica do chapéu de couro utilizado pelo músico.

Sangue - No destaque do acervo, o acordeom branco e a camisa manchada de sangue usada por Luiz Gonzaga em encontro com o papa João Paulo II, em julho de 1980. Na ocasião, uma multidão invadiu o estádio Castelão, em Fortaleza, e o músico chegou a ser derrubado e pisoteado pelos fiéis.

Fundação - O museu foi criado pelo cantor, mas só inaugurado após a morte, em 1989, por Gonzaguinha. Depois do falecimento do filho, o imóvel foi comprado por um empresário e herdado pela família. A sugestão de transformar em ONG foi dada por Gilberto Gil, em 2000, em visita a Exu.

Retorno - Em 1982, Gonzaga lançou O rei volta pra casa, logo após fincar residência na terra natal. Na capa, ele aparece com a ave asa branca em frente ao terreno onde foi erguido o museu.

* O jornalista viajou a convite de O Boticário

INSCRIÇÕES DE ARTESÃOS PARA O FESTIVAL DE INVERNO COMEÇAM HOJE

por GABRIELA RAMOS


                    A Secretaria de Turismo e Cultura realiza, de hoje (26) a 30 de junho, as inscrições de artesãos que pretendem vender os produtos durante o 27º Festival de Inverno de Garanhuns, que acontece de 20 a 29 de julho de 2017. Para expor e comercializar as peças, os interessados precisam ir até à sede da Secretaria, localizada no Centro Administrativo I, na Rua Joaquim Távora, s/n, Heliópolis, das 8h às 13h. Para mais informações, o telefone de contato é (87) 3762-7077.


Fonte: Secom/Prefeitura de Garanhuns/PE

domingo, 25 de junho de 2017

XII CONFERÊNCIA MUNICIPAL DA ASSISTÊNCIA SOCIAL DE GARANHUNS FOI SUCESSO ABSOLUTO

           
Bispo D.Paulo Sec de A.Social-Carla,Pres. Câmara de Vereadores-Haroldo Vicente, Vice-Prefeito-Dr Domingos, Promotor-Diana Maria, Pres. Cons.As.Social- Lidia Lira, Palestrante e Selma Mello, Usuários.
           
                A Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), e o Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), realizaram, nos dias 20 e 21 deste,  a XII Conferência Municipal de Assistência Social. 



 Os debates aconteceram no Chalé Recepções e Eventos, e teve como tema central a “Garantia de Direitos no Fortalecimento do Sistema Único de Assistência Social (Suas).

         
    A conferência é um espaço de caráter deliberativo, em que há participação de diversos públicos envolvidos com as temáticas englobadas no tema central, incluindo a população em geral.




Na ocasião, os participantes poderam opinar sobre as propostas apresentadas em prol da consolidação e ampliação dos direitos socioassistenciais.



O tema central foi dividido em subtemas, sendo eles quatro eixos:

1 – A proteção social não contributiva e o princípio da equidade como paradigma para a gestão dos direitos socioassistenciais;

 2 – Gestão democrática e controle social: o lugar da sociedade civil no Suas; 

3 – Acesso às seguranças socioassistenciais e a articulação entre serviços, benefícios e transferência de renda como garantias de direitos socioassistenciais;

4 – A legislação como instrumento para uma gestão de compromissos e corresponsabilidade dos entes federativos para a garantia dos direitos socioassistenciais.


       As propostas apresentadas foram muito bem elaboradas, em suas três estâncias e tivemos a aceitação da criação do Fórum Municipal dos Usuários do Sistema Único da Assistência Social, FMUSUAS, proposto por Selma Mello, Coordenadora Nacional deste fórum que vem crescendo bastante em todo o país visando minimizar os questionamentos dos usuários.



       Os delegados – representantes de Garanhuns que irão integrar a conferência de nível estadual – foram escolhidos e com certeza, Garanhuns fará muito bonito em Recife.




DOIS ÔNIBUS SÃO INCENDIADOS EM GARANHUNS/PE

          
            Por volta da 00h08 de hoje (25.06.17), a Central de Operações do Corpo de Bombeiros – Garanhuns, recebeu a informação de que estava ocorrendo incêndio em dois ônibus nas proximidades da Creche Lar Santa Maria – Cohab I – Garanhuns. 



            De imediato a unidade de combate a incêndio, seguiu ao local, onde localizou 02 ônibus Volkswagem que estavam estacionados na Rua A – Cohab I – Garanhuns.

            
     Os ônibus pertenciam a proprietários diferentes e de acordo com as informações repassadas, realizavam transporte escolar particular.



          O corpo de bombeiros conteve as chamas, porém os veículos tiveram perca total.


        Acredita-se que o incêndio tenha sido criminoso, porém ainda não se tem informação oficial quanto a suspeita, autoria ou motivação.

O caso será investigado pela Policia Civil.

com infomações doBlog Colinas News.

 http://blogcolinasnews.blogspot.com.br/2017/06/dois-onibus-sao-incendiados-em.html


É BOMBAAAA! NÃO GOSTA DE BOMBA? ENTÃO, TOME BOMBA!

          
        Não terminou bem as comemorações de São João para uma comerciante de 38 anos residente na Rua Dom Aquino Correia, no Magano, em Garanhuns. 

           Era madrugada de 23 para 24 de junho, e garanhuenses, assim como pessoas no resto do país, comemoravam  a véspera e o dia de São João, que tem como uma de suas magias, a secular tradição de soltar fogos. E foi justamente os fogos, mais especificamente as bombas, que causaram a confusão. 

              De acordo com a PM, a mulher foi reclamar com a vizinha de que estavam estourando muitas bombas em sua calçada. Neste momento, a vítima sofreu a primeira agressão na região do rosto, praticada por sua vizinha, que tem 20 anos. Momentos depois, a comerciante foi novamente agredida dessa vez por outra mulher de 22 anos, moradora da Boa Vista. Ela invadiu a residência da vítima e desferiu vários socos que causaram lesões pelo corpo da comerciante. 

A PM foi acionada e deteve as duas mulheres. Ambas foram encaminhadas para a delegacia onde um TCO foi lavrado contra as duas.


http://www.vecgaranhuns.com/2017/06/mulher-vai-reclamar-de-bombas-de-sao.html


PREFEITURA CORRE RISCO DE ATRASAR SALÁRIOS POR CONTA DO BLOQUEIO

              Pela primeira vez desde que assumiu o Governo de Garanhuns em janeiro de 2013, o Prefeito Izaías Régis (PTB) pode ter que atrasar o pagamento dos Servidores Municipais. É que diante de um bloqueio realizado pela Justiça nas contas da Prefeitura, o calendário de pagamento, que já têm inicio nessa terça-feira, dia 27, corre o sério risco de não ser cumprido nas datas previstas pela Secretaria de Finanças no inicio do ano.

           Em entrevista ao radialista Eduardo Peixoto, da Rádio Jornal Garanhuns, Izaías revelou que mais de R$ 7,4 milhões de reais, inclusive de recursos repassados pelo Governo Federal, vinculados ao Fundeb e ao pagamento de Transporte Escolar, estão bloqueados pela Justiça. Ainda segundo Régis, o bloqueio se deu em virtude de um recurso liberado, através de liminar, no final do Governo Luiz Carlos de Oliveira, em dezembro de 2012, referente a recuperação de créditos tributários vinculados ao ISS junto ao UNIBANCO e outras instituições financeiras, que somadas passaram de R$ 10 milhões de reais 


          “Nós entramos com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) e foi despachado na última terça-feira para o Ministro Fachim e estamos tentando desbloquear esse dinheiro. Se não recebermos, se não for desbloqueado esse recurso, nós vamos atrasar a folha de pagamento pela primeira vez, pois esse dinheiro é da folha de pagamento, inclusive do Magistério”, chamou a atenção o Prefeito, que complementou: “a nossa parte (ao qual o Município é responsável) já está depositada, mas a parte do Fundeb, nós estamos com dois milhões e cento e poucos mil bloqueados do Magistério”, observou.


         


               Ainda segundo Izaías, que revelou ter ido a Brasília, junto a advogados, para tentar acelerar o processo, a expectativa é boa quanto a solução do problema. “Nós estamos em cima da Jurisprudência gerada no bloqueio do Rio de Janeiro (contas do Estado). O Direito é bom!”, pontuou o Governante Garanhuense, que revelou ter solicitado a intervenção do Senador Armando Monteiro junto ao Ministro Edson Fachim na busca da solução do imbróglio e o consequente desbloqueio das contas do Município. Ainda segundo Izaías Régis, mesmo conseguindo o desbloqueio das contas, a Prefeitura de Garanhuns vai ter que devolver o recurso, em forma de precatório, inclusive com os valores corrigidos monetariamente.

FÁBIO ASSUNÇÃO DIZ, EM REDE DE RELACIONAMENTOS, QUE SENTE MUITÍSSIMO O QUE OCORREU EM ARCOVERDE E NEGA USO DE DROGAS

                
                  Após a confusão que ocorreu na madrugada do último sábado, dia 24, em Arcoverde, o ator Fábio Assunção lamentou o incidente que culminou na sua detenção e numa audiência de custódia, na qual o ator foi autuado pelos crimes de desobediência, desacato à autoridade, resistência à prisão e dano qualificado ao patrimônio público, por depredar uma viatura da PM.

"Lamento muitíssimo o ocorrido em Arcoverde. Era uma noite de celebração. Tínhamos acabado de exibir nosso documentário filmado no Sertão pernambucano no palco principal do festival de São João. Então fomos com a equipe confraternizar e a situação saiu do controle. Infelizmente aconteceu uma briga. Errei ao me exceder. Não fiz uso de nenhuma droga ilícita - o que será comprovado pelo exame toxicológico que eu mesmo pedi para ser feito. Serei responsável pelos danos causados. Agora estou bem. Agradeço pelas tantas manifestações de carinho e apoio que recebi. Peço a todos sinceras desculpas. Não é fácil, mas reconhecer meus erros e procurar sempre aprender com eles é o que eu desejo", diz. O artista já teve problemas com dependência de drogas, chegando inclusive a ficar afastado do trabalho por causa disso.




              O ator estava em Arcoverde com a namorada, a atriz Pally Siqueira, para fazer o lançamento da primeira versão do documentário Samba de Coco que mostra depoimentos dos artistas símbolos desse ritmo naquele Município, como seu Assis, a família Calixto (do Coco Raízes de Arcoverde), Mestre Gomes, do Samba Trupé, e Dona Severina, das Irmãs Lopes. Fábio está na próxima série A Fórmula que vai estrear em julho na TV Globo. 

Com informações do Jornal do Commercio. 


PARANATAMA ABRE PROCESSO SELETIVO

             

          A Prefeitura de Paranatama está com inscrições abertas para Processo Seletivo que visa contratar doze Médicos, sendo que três vagas são reservadas para pessoas com deficiência.


            Há oportunidades para Médico Generalista/ Fins de Semana (2) e Médico Generalista/ Semana (5), ambos em plantão de 24h, e para Médico Generalista (5) que deve atuar durante 40h semanais. As remunerações podem variar de R$ 6.000,00 a R$ 7.500,00 de acordo com o cargo pretendido.

            Os concorrentes serão avaliados apenas em uma única etapa, sendo ela Prova de Título cujos documentos devem ser apresentados no período de inscrição que pode ser feita na Secretaria de Saúde, localizada na Praça João Correia de Assis, nº 28, Centro, Paranatama - PE; via postal

 ou pelo e-mail:saude.paranatama.inscricoes@gmail.com, até o próximo dia 5 de julho. O Processo Seletivo possui validade de um ano e pode ser prorrogado por igual período. 

sábado, 24 de junho de 2017

JUSTIÇA DE ALAGOAS NEGA REVOGAÇÃO DA PRISÃO PREVENTIVA DOS ENVOLVIDOS NA OPERAÇÃO SEM FRONTEIRAS

               


          O Juízo de Direito da 17ª Vara Criminal de Maceió indeferiu o pedido de revogação da prisão preventiva de João Paulo dos Santos; Leandro Aristides Bento; Júlio César Wanderley, Luciana Ferro Lima, Djoou Silva Carvalho e de Mário dos Santos Campos Júnior, o vereador Marinho da Estiva, que foram presos no último dia 11 de maio, aqui em Garanhuns, durante a Operação sem Fronteiras.


               Registrando que os acusados poderão vir a se utilizar do benefício (da revogação da prisão preventiva) para, entre outras ações, dificultar a conclusão das investigações, os Juízes publicaram: “indeferimos os pedidos, mantendo a ordem de prisão preventiva dos investigados (…); haja vista a complexidade dos fatos apurados, e considerando que os investigados encontram-se custodiados em outra jurisdição”, registraram os Magistrados na decisão. Antes, depois de ter sido solicitado a manifestar-se sobre a solicitação dos acusados, o Ministério Público opinou pelo indeferimento da revogação da prisão preventiva. Já a Polícia Civil de Alagoas, justificando a complexidade dos fatos investigados, solicitou uma prorrogação do prazo para conclusão do Inquérito Policial.


            Apesar de não revogar a prisão dos suspeitos, o Colegiado de Juízes da Vara Criminal da Capital Alagoana determinou que a Polícia atuasse, com urgência, pelo prazo máximo de 30 (trinta) dias, na conclusão do inquérito policial relativos aos fatos imputados aos investigados. A decisão judicial referente ao Processo nº 0711556-31.2017.8.02.0001  foi expedida no último dia 19.



ATOR FÁBIO ASSUNÇÃO É DETIDO NA CIDADE DE ARCOVERDE-PE APÓS VISÍVEL ALTERAÇÃO




            


             Um incidente provocado na noite dessa sexta feira (23) no município de Arcoverde, PE, pelo ator global Fábio Assunção, se transformou em um vídeo que está sendo compartilhado nas Redes sociais. 


              O episódio envolve o ator Fábio Assunção, que está na cidade pernambucana divulgando um documentário produzido ao lado da namorada, que é de Arcoverde, a também atriz Pally Siqueira. O filme. “Eu sonho pra você ver” foi exibido na abertura do São João daquele município, e trata sobre o samba de coco, ritmo musical típico do Nordeste  em uma homenagem ao centenário do Samba de Coco, mostrando as raízes e características do ritmo sertanejo. O Documentário foi gravado em Arcoverde, Tupanatinga e Buíque no mês de fevereiro.

            Segundo testemunhas, visivelmente alterado, Assunção desacatou policiais do destacamento  local após bater com seu carro em uma viatura. 

          As imagens acima mostram o ator descontrolado e xingando policiais. (Assista o vídeo)

HISTÓRICO DE DESORDENS

            Não é a primeira vez que o ator global se envolve em confusão, em 2008 ele que estava acompanhado de um traficante que foi preso dentro de um flat da capital, foi detido para averiguação pela Polícia Federal. Já em 2016 o ator Fábio Assunção foi autuado por crimes de desobediência e desacato depois de ter sido parado em uma blitz da operação Lei Seca, na Avenida Lúcio Costa, uma das principais vias da Barra da Tijuca, na zona oeste da capital fluminense.